Partilhar

Hoje trazemos uma receita parecida com os pães de trigo andaluzes, que tostam e seguram tão bem o tomate ou o que quer que se ponha. Eu sei que os pães não são acessíveis para fazer em casa, financeiramente falando, mas é muito divertido e você sempre pode experimentar diferentes farinhas, teores de sal, etc.

O que faço é cortá-los ao meio e congelá-los assim que esfriarem, pois não duram muito. Assim, quando quero tomar café da manhã, coloco na torradeira e em 5 minutos posso fazer pão com tomate ou um pequeno sanduíche de omelete francesa. Eles são DELICIOSOS.

Ingredientes para 4 peças:

  • 300 gr de farinha de padeiro, mais uma boa quantidade de massa para amassar
  • 175 ml de água morna
  • 12 gr de fermento fresco
  • Meia colher de chá de sal
  • Uma colher de azeite
  • Papel de forno

Passos:

  1. Dissolvemos o fermento na água morna e deixamos repousar.
  2. Colocamos a farinha e o sal numa tigela grande, mexemos bem e fazemos um buraco no meio.
  3. Adicionamos o azeite e metade da água, remexemos e botamos o restante da água. Deve descolar-se das paredes da tigela.
  4. Cubrimos com um pano de prato e deixamos fermentar em local aquecido. O tempo varia de acordo com a casa e a estação do ano, mas uma a duas horas deve ser suficiente para dobrar de tamanho.
  5. Espalhamos farinha na mesa.
  6. Com a ajuda de um utensílio de silicone, retire a massa da tigela e colocamos sobre a farinha.
  7. Botamos farinha nas mãos e amassamos por 5 minutos. Se se cola muito, acrescente mais farinha.
  8. Depois de fazermos uma bola, corte-a em quatro partes iguais com uma faca afiada e espolvilhada com farinha.
  9. Amassamos levemente cada parte com os dedos: com as próprias mãos viramos várias vezes sobre si mesmas, até que fiquem redondas.
  10. Cubrimos a bandeja do forno com papel e colocamos as bolinhas a 5 cm de distância uma da outra.
  11. Cubra com um pano e faça a segunda fermentação por mais uma ou duas horas, até dobrarem de tamanho, mais ou menos.
  12. Se quiser que fiquem um pouco mais compactos, molhe-os com a mão umedecida.
  13. Pré-aqueça o forno a 200 graus. Cozinhamos por 20 minutos em altura média e depois por 7-8 minutos em nível superior do forno.

Podes encontrar esta receita, e muitas outras receitas deliciosas, no sítio web asreceitasdexiana.com. Se gostas, podes segui-la também no Instagram e X. Bom proveito!

Antonio de la Iglesia: Um polímata reintegracionista

Mercedes Rosón: “Nélida Piñon gera muito interesse, pola sua obra e polo seu vínculo com o nosso país, porque ela é também nossa’

Diego Garcia apresenta o seu primeiro conto no Concelho de A Mezquita o próximo 5 de agosto

Antônio Torres: “Fiquei impressionado com a quantidade de pessoas que espontaneamente se apresentaram para participar da Leitura Continuada, como o presidente da Academia Carioca de Letras, Sérgio Fonta, a escritora Lilian Fontes, a atriz Beth Goulart”

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, no Festigal, o 25J em Compostela

Scarpaccia de cabacinha

Antonio de la Iglesia: Um polímata reintegracionista

Mercedes Rosón: “Nélida Piñon gera muito interesse, pola sua obra e polo seu vínculo com o nosso país, porque ela é também nossa’

Diego Garcia apresenta o seu primeiro conto no Concelho de A Mezquita o próximo 5 de agosto

Antônio Torres: “Fiquei impressionado com a quantidade de pessoas que espontaneamente se apresentaram para participar da Leitura Continuada, como o presidente da Academia Carioca de Letras, Sérgio Fonta, a escritora Lilian Fontes, a atriz Beth Goulart”