Partilhar

CONEXÕES: todos os galegos do mundo conectam em Compostela

O próximo dia 15 de Outubro, às 19h no Auditório Neira Vilas da Cidade da Cultura de Compostela, com participantes de Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Portugal e Galiza.

Um colóquio organizado pola Rede de Dinamización Lingüística em colaboraçom com a Juventude Unida dos Países de Língua Portuguesa reunirá na Cidade da Cultura a mocidade de diversas nacionalidades para debater sobre a projeçom e a utilidade do galego no marco internacional.

O evento, incluído no Fundo TeCe Redes da Secretaría Xeral de Política Lingüística, terá lugar o sábado 15 de outubro no Auditório Neira Vilas da Cidade da Cultura. Pretende mostrar o território da lusofonia como um espaço de oportunidades para a mocidade a nível laboral, formativo, artístico e cultural ao tempo que apresenta o galego como umha ferramenta útil e atrativa com a que conectar com esta parte do mundo.

Trata-se dumha reflexom coletiva dirigida e liderada pola mocidade e encaminhada a criar pontes com a lusofonia, a descobrir as oportunidades que oferece a integraçom neste espaço linguístico e a valorizar o que a Galiza e o galego podem aportar à comunidade.

Moderada por Charo Lopes, na conversa participarám os membros da Juventude Unida de Países de Língua Portuguesa: Diego García de Portugal, Josianny Furtado de Cabo Verde, Denilson Costa de São Tomé e Príncipe e Manuel Simón Nóvoa, da Galiza.

 

Pretende mostrar o território da lusofonia como um espaço de oportunidades para a mocidade a nível laboral, formativo, artístico e cultural ao tempo que apresenta o galego como umha ferramenta útil e atrativa com a que conectar com esta parte do mundo.

Este projecto realiza-se ao amparo da Lei Paz-Andrade, aprovada por unanimidade em 2014 no Parlamento Galego para afundar no uso da língua portuguesa e nos vínculos com a lusofonia e conta com financiamento do Fundo TeCe Redes promovido pola Secretaría Xeral de Política Lingüística da Xunta da Galiza.

 

Antonio de la Iglesia: Um polímata reintegracionista

Mercedes Rosón: “Nélida Piñon gera muito interesse, pola sua obra e polo seu vínculo com o nosso país, porque ela é também nossa’

Diego Garcia apresenta o seu primeiro conto no Concelho de A Mezquita o próximo 5 de agosto

Antônio Torres: “Fiquei impressionado com a quantidade de pessoas que espontaneamente se apresentaram para participar da Leitura Continuada, como o presidente da Academia Carioca de Letras, Sérgio Fonta, a escritora Lilian Fontes, a atriz Beth Goulart”

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, no Festigal, o 25J em Compostela

Scarpaccia de cabacinha

Antonio de la Iglesia: Um polímata reintegracionista

Mercedes Rosón: “Nélida Piñon gera muito interesse, pola sua obra e polo seu vínculo com o nosso país, porque ela é também nossa’

Diego Garcia apresenta o seu primeiro conto no Concelho de A Mezquita o próximo 5 de agosto

Antônio Torres: “Fiquei impressionado com a quantidade de pessoas que espontaneamente se apresentaram para participar da Leitura Continuada, como o presidente da Academia Carioca de Letras, Sérgio Fonta, a escritora Lilian Fontes, a atriz Beth Goulart”