Partilhar

Adela Figueroa publica novo romance em Edicións Laiovento

Está disponível nas livrarias da Galiza o livro da escritora, ativista e bióloga Adela Figueroa.

É o terceiro romance da autora, reintegracionista e colaboradora deste portal, já publicou também poesia e ensaio. Do seu recente título “As mulheres da Casa da Bouça da roupa estendida”, Claudio Rodríguez Fer diz:

As mulheres da Casa da Bouça da roupa estendida é umha obra cheia de crueldade e de horror, mas também contém a beleça da terra, neste caso a do Íncio, e da vida, sobre todo através do amor e da esperança num futuro melhor, sem deixar de ser consciente da necessidade dum certo idealismo generoso para poder avançar.

 

Sobre a autora

adela-figueroaNasce em Lugo (Galiza), onde atualmente mora. Viveu em Pontevedra por 26 anos. Fazedora de versos, observadora do mundo e cuidadora de amizades. Trabalhadora na ecologia e na criatividade da palavra. Catedrática de Biologia e lutadora pela dignidade da Galiza, sua língua e sua cultura para reintegra-la no espaço internacional que lhe é próprio: a lusofonia. Procurou a solidariedade entre os seres humanos e sua reconciliação com a Terra. Gosta de rir, e de contar contos. Também de ouvi-los. Também goza de cantar, melhor acompanhada.

Obra escrita: poesia feminista, de compromisso ambiental e social, de amor e erótica; obra em prosa, literatura infantil e juvenil, contos de mulheres, contos populares, de humor; também de terror e mistério.

 

EDICIÓN IMPRESA

as-mulheres-da-casa-da-boucapeto 14x21cm

188 páxinas

ISBN: 978-84-8487-534-5

dispoñíbel en IBD

prezo 17,95 €

EDICIÓN EBOOK

ISBN: 978-84-8487-533-8

prezo 8,00 €

Aqui as primeiras páginas do romance, disponibilizadas pola editora:

romance-adela-figueroa

Antonio de la Iglesia: Um polímata reintegracionista

Mercedes Rosón: “Nélida Piñon gera muito interesse, pola sua obra e polo seu vínculo com o nosso país, porque ela é também nossa’

Diego Garcia apresenta o seu primeiro conto no Concelho de A Mezquita o próximo 5 de agosto

Antônio Torres: “Fiquei impressionado com a quantidade de pessoas que espontaneamente se apresentaram para participar da Leitura Continuada, como o presidente da Academia Carioca de Letras, Sérgio Fonta, a escritora Lilian Fontes, a atriz Beth Goulart”

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, no Festigal, o 25J em Compostela

Scarpaccia de cabacinha

Antonio de la Iglesia: Um polímata reintegracionista

Mercedes Rosón: “Nélida Piñon gera muito interesse, pola sua obra e polo seu vínculo com o nosso país, porque ela é também nossa’

Diego Garcia apresenta o seu primeiro conto no Concelho de A Mezquita o próximo 5 de agosto

Antônio Torres: “Fiquei impressionado com a quantidade de pessoas que espontaneamente se apresentaram para participar da Leitura Continuada, como o presidente da Academia Carioca de Letras, Sérgio Fonta, a escritora Lilian Fontes, a atriz Beth Goulart”