Partilhar

Abertas inscrições para IV Prémio Glória de Sant’Anna

Mário Herrero recolhe o Prémio Glória de Sant'Anna 2015O Prémio Literário Glória de Sant’Anna está com inscrições abertas para a IV edição. Como no ano passado, o certame estará aberto para todos os países lusófonos. Este prémio internacional de poesia aceita obras escritas em português com o principal requisito de terem sido publicadas —ou previstas para publicação— no períoddo compreendido entre 1 de janeiro de 2015 e 1 de março de 2016, conforme se indica nas bases.

O Prémio

O Prémio Literário Glória de Sant’Anna foi instituído em 2012 em memória da poeta e prosista Glória de Sant’Anna (Lisboa, 1925 – Válega, Ovar, 2009), que viveu em Moçambique de 1951 a 1974. O galardão tem o valor de três mil euros e é destinado ao autor ou autora do melhor livro de poesia em língua portuguesa.

Em edições anteriores o prémio foi concedido a dois escritores moçambicanos, Eduardo White, que venceu em 2013 com a obra O Poeta Diarista e os Ascetas Desiluminados, Gisela Ramos Rosa, que venceu em 2014 com a obra Tradução das Manhãs; já na última edição, 2015, o ganhador foi o galego Mário Herrero, com a obra Da Vida Conclusa (O Figurante Edicións).

 

+ Ligações relacionadas:

Lançamento do livro A Abolição do género para a sua expansão em Compostela

Clara Corbelhe lança coleção de Ensaio Crítico Galego em parceria com a editora Laiovento

Sara Rodríguez: “A sobrevivência do galego no Bierzo depende dum trabalho coletivo”

Estudantes de Outes trabalham sobre as ligações de Fernando Pessoa com a Galiza

Escolas de Ensino Galego Semente lançam primeiro acampamento nacional para crianças e adolescentes

Lançamento do livro Johán Vicente Viqueira / João Vicente Biqueira (1924-2024). Poemas e ensaios em Bandeira

Lançamento do livro A Abolição do género para a sua expansão em Compostela

Clara Corbelhe lança coleção de Ensaio Crítico Galego em parceria com a editora Laiovento

Sara Rodríguez: “A sobrevivência do galego no Bierzo depende dum trabalho coletivo”

Estudantes de Outes trabalham sobre as ligações de Fernando Pessoa com a Galiza