Partilhar

Vídeo: “Uma terra, um povo, uma fala e duas normas para grafá-la”

 

Vídeo do 25 de julho de agálic@s

“Uma terra, um povo, uma fala e duas normas para grafá-la” foi o lema da campanha do “Binormativismo”, focada em explicar à sociedade galega o interesse de uma futura política binormativista semelhante à que desfrutam na Noruega.

O mesmo, foi impresso em diferentes normas, galegas e norueguesas, nas camisolas que vestimos este 25 de julho para continuar com o já tradicional reparto do Fest-AGAL que, junto com a banca da Através Editora, fizeram parte das nossas atividades associativas nessa data.

Garavanços com espinafres

AGAL e ABL anunciam leitura pública continuada d’A República dos Sonhos em Santiago de Compostela e no Rio de Janeiro

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Inauguração da exposição “Sonhar a Palavra Liberdade” no Camões – Centro Cultural Português em Vigo

Garavanços com espinafres

AGAL e ABL anunciam leitura pública continuada d’A República dos Sonhos em Santiago de Compostela e no Rio de Janeiro

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”