Partilhar

Rádio Navarro conversa sobre reintegracionismo com o presidente da AGAL

A estação brasileira Rádio Navarro entrevistou recentemente o presidente da AGAL para abordar a problemática da língua na Galiza.

 

Segundo Eduardo Maragoto, é cada vez mais frequente que cheguem à associaçom propostas de entrevistas como esta, o que prova que o interesse pola Galiza no âmbito lusófono está claramente a aumentar. A situaçom e consideraçom que recebe o galego dentro do espaço lusófono foi, de facto, um dos temas estrela da conversa.

A conversa desenvolveu-se na variante galega (Eduardo Maragoto) e brasileira (Adrieene Morelato e Marcelo Navarro) da mesma língua portuguesa, como fez questão de destacar o presidente da AGAL loguinho no início da entrevista, em que, após uma breve aproximação à Galiza atual e histórica, se fez uma panorâmica da história da língua, focando a formação conjunta da língua galego-portuguesa com anterioridade à criação do reino de Portugal.

A seguir, o presidente da AGAL descreveu o momento atual da língua após décadas de ensino da língua nas escolas e depois de ter passado por uma ditadura (a franquista) muito dura para as minorias culturais do Estado espanhol. Neste ponto, Maragoto debruçou-se especialmente no movimento reintegracionista, cujas propostas ainda nom tenhem sido tidas muito em conta, mas que cada vez tem mais adeptos na Galiza.

Rádio Navarro emite por youtube e aborda temas de literatura, música e informação política, através da emissão de lives, debates ou conversas como esta sobre o galego, que, segundo foi prometido em direto, terá uma segunda parte.

Rádio Navarro emite por youtube e aborda temas de literatura, música e informação política, através da emissão de lives, debates ou conversas como esta sobre o galego, que, segundo foi prometido em direto, terá uma segunda parte. Segundo Eduardo Maragoto, é cada vez mais frequente que cheguem à associação propostas de entrevistas como esta, o que prova que o interesse pola Galiza no âmbito lusófono está claramente a aumentar. A situação e consideração que recebe o galego dentro do espaço lusófono foi, de facto, um dos temas estrela da conversa.

 

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Inauguração da exposição “Sonhar a Palavra Liberdade” no Camões – Centro Cultural Português em Vigo

Crianças homenageiam Rosalia de Castro este sábado em Outeiro de Rei

Conversa arredor da obra “Porque caiu a Galiza” de José Manuel Barbosa em Carvalho

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Inauguração da exposição “Sonhar a Palavra Liberdade” no Camões – Centro Cultural Português em Vigo