Partilhar

A viagem realizar-se-á num autocarro de 50 pessoas e as estudantes serão acompanhados por pelo menos 4 professores/as de português.

O itinerário incluirá: Óbidos, Lisboa (Graça, Alfama, Baixa, Chiado, Bairro Alto e Belém), Sintra e Coimbra. Estarão ainda incluídas no preço as visitas ao Castelo de S. Jorge, Museu do Fado, Mosteiro dos Jerónimos, o transporte entre Sintra e o Palácio da Pena, Paço Real e Biblioteca Joanina.

A inscrição está aberta a maiores de 18 anos até ao dia 22 de maio. Cumpre preencher este formulárioA viagem tem um custo de 185 euros/pessoa em quartos partilhados entre membros do grupo (de 4 a 8 camas) com casas de banho partilhadas. A estadia incluirá pequeno-almoço e taxa municipal.
Ainda, no dia 24 de junho, será organizado um jantar na casa de fados Guitarras de Lisboa, em Alfama, que não está incluído no preço total da viagem, tendo um custo acrescido de 35 euros (que inclui espetáculo de fados, entradas, bebidas,  prato principal, sobremesa e café).
No caso de não ser atingido o número mínimo de inscritos (40), a viagem será cancelada e o valor da inscrição será devolvido.
cartaz-viagem-a-lisboa-centro-camoes
Depois de realizada a inscrição, as pessoas participantes disporão de 24 horas para fazer o pagamento (por depósito ou transferência) e envio do comprovativo da transação, assim como do comprovativo de estarem presentemente inscritos num curso de língua e/ou cultura portuguesas na Galiza, para cursosplecamoesvigo@gmail.com
O pagamento deverá ser realizado por transferência ou depósito bancário, indicando o nome completo da pessoa inscrita na viagem.
Banco ABANCA: ES61 2080 3524 3530 4003 4537 (Embaixada de Portugal/Camões – CCP em Vigo)

Industrializar Galiza. Vaia uma ironia!

Aberta convocatória da XXIV Ediçom do Prémio de poesia Fiz Vergara, que nom discrimina por normativa

Disponibilizamos contributos de Luísa Villalta na Revista Agália

Séchu Sende apresenta O Povo Improvisador no CS Gomes Gaioso da Corunha

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, na Guarda

Sergio Rey, do IES de Cacheiras, ganha o “I Prêmio Escolar Internacional de Livros de Cordel”

Industrializar Galiza. Vaia uma ironia!

Aberta convocatória da XXIV Ediçom do Prémio de poesia Fiz Vergara, que nom discrimina por normativa

Disponibilizamos contributos de Luísa Villalta na Revista Agália

Séchu Sende apresenta O Povo Improvisador no CS Gomes Gaioso da Corunha