Néstor Rego defende unidade linguística galego-portuguesa no Congresso espanhol



O deputado do Bloque Nacionalista Galego em Madrid, Néstor Rego, respondia há uns dias atrás a umha proposta da ultra direita espanholista de suposto reforço da “iberosfera” aumentando o relacionamento entre os paises da hispanofonia e da lusofonia. Umha proposta que Rego denuncia como “supremacista e assimilacionista de sempre, uma espécie de neocolonialismo”, e sinala que “nom tenhem credibilidade nenhuma para estabelecer uma colaboraçom sincera, havida conta da sua atitude hostil com o galego”.
Entom, o representante político, originário do Vicedo, defende a unidade linguística galego-portuguesa, ainda que se poida escrever com duas normas. Eis a sua intervençom difundida na rede social Twitter:


PUBLICIDADE