Partilhar

Música e fraternidade para Estraviz na Agolada

estraviz homenagem adega

O sábado dia 26 teve lugar na Eira da Xoana, em Ramil (Agolada), a homenagem que a Fundacion Eira e ADEGA ofereceu a Isaac Alonso Estraviz. O ato, contam desde a organização, destacou a sua trajetória “como um dos representantes dessa Igreja galega não submetida ao poder económico e político que faz da Igreja oficial um instrumento de colonialismo cultural e económico”.

Também celebraram o contributo de Estraviz “como um dos grandes filólogos da Galiza que nos deu o instrumento útil e necessário de seu dicionário, a magna obra que nos complementa e auxilia nos nossos escritos, nas nossas falas e nas diferentes manifestações da nossa língua”. Agasalhado por mais de 40 pessoas amigas, o ato desenvolveu-se com um jantar de confraternidade, o descobrimento duma placa de honra, e os discursos e as músicas que acompanham este género de celebrações. Antigos companheiros, escritoras/es, músicos, antigos políticos, e admiradores/as da sua obra fecharam um ato alegre, profundo e agarimoso.

Esteve representada a Associaçom Galega da Língua, a Academia Galega da Língua Portuguesa, Crentes galegos/as, Fundaçom Meendinho e diversos vultos da cultura galega. Também mostraram as suas adesões a Mesa pola Normalizacion linguistica, a Asociacion de Escritores em Lingua Galega e individuais de diferentes pessoalidades da cultura da Galiza.

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Inauguração da exposição “Sonhar a Palavra Liberdade” no Camões – Centro Cultural Português em Vigo

Crianças homenageiam Rosalia de Castro este sábado em Outeiro de Rei

Conversa arredor da obra “Porque caiu a Galiza” de José Manuel Barbosa em Carvalho

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Inauguração da exposição “Sonhar a Palavra Liberdade” no Camões – Centro Cultural Português em Vigo