Partilhar

Mero apresenta ’50 aniversário de Fuxan os Ventos’ este sábado em Burela

O ato será às 12 horas no centro social Xebra e contará com a presença do jornalista Xulio Xiz e com o acompanhamento musical do grupo de gaitas Carricantos

O autor e músico Baldomero Iglesias, ‘Mero’, apresentará o seu livro 50 aniversario. Fuxan os ventos. Quixo o paxaro pousar a póla no seu chío (editorial Galaxia). O autor estará acompanhado polo jornalista Xulio Xiz e o ato contará com a interpretaçom musical do quinteto de gaitas “Carricantos”.

O volume é umha homenagem e lembrança às amizades cantoras que acompanharam o autor na sua singradura com a agrupaçom musical Fuxan os Ventos, durante aqueles importantes anos da recente história musical galega. Esta narraçom converte-se “na minha verdade, que  exerço na liberdade de contar. Ainda que é certo que vai arroupada com dados que possam dar prova, por eles mesmos, de que a história já foi narrada anteriormente, e discrepo das que outras pessoas contaram”, em palavras do autor.

Baldomero Iglesias (Vilalba, 1951) é titulado em Magistério e formou parte do grupo Fuxan os Ventos desde a sua fundaçom em 1972 até 1983, para depois, com Xosé Luís Rivas (Mini), formar A Quenlla (1984-2018). Em 2007 cede todas as suas recompilações de campo —cantos, recitados, lendas, contos, bailes, etc.— ao Museo do Pobo Galego para serem digitalizadas e formar parte do Arquivo do Património Oral e Imaterial da Galiza.  

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Inauguração da exposição “Sonhar a Palavra Liberdade” no Camões – Centro Cultural Português em Vigo

Crianças homenageiam Rosalia de Castro este sábado em Outeiro de Rei

Conversa arredor da obra “Porque caiu a Galiza” de José Manuel Barbosa em Carvalho

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Inauguração da exposição “Sonhar a Palavra Liberdade” no Camões – Centro Cultural Português em Vigo