Partilhar

María López Regueiro, neofalante: “O que fai especial o pessoal da Galiza é ter um idioma próprio”

María López Regueiro tem 23 anos e é opositora a professora de Ensino Primário. Sempre falou castelhano no ámbito social, mas ao chegar à Universidade decidiu mudar para o galego.

Ela defende que para ela algo que faz “especial ao pessoal da Galiza é ter um idioma próprio, algo que te identifica”.

[Esta entrevista foi publicada originariamente em neofalantes.gal]

Escolas de Ensino Galego Semente lançam primeiro acampamento nacional para crianças e adolescentes

Lançamento do livro Johán Vicente Viqueira / João Vicente Biqueira (1924-2024). Poemas e ensaios em Bandeira

Ainda há vagas nos cursos aPorto 2024 para este verão

Homenagem ao Académico de Número Doutor António Gil Hernández

Salada de campo

António Gil: “Biqueira era doutrinalmente mais radical que Carvalho”

Escolas de Ensino Galego Semente lançam primeiro acampamento nacional para crianças e adolescentes

Lançamento do livro Johán Vicente Viqueira / João Vicente Biqueira (1924-2024). Poemas e ensaios em Bandeira

Ainda há vagas nos cursos aPorto 2024 para este verão

Homenagem ao Académico de Número Doutor António Gil Hernández