Partilhar

Inauguração da “Moçambi-Cá – Exposição de artistas plásticos de Moçambique” na UCCLA em Lisboa

Na data em que se assinala o Dia dos Heróis Moçambicanos, 3 de fevereiro, a UCCLA (União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa) inaugura “Moçambi-Cá – Exposição de artistas plásticos de Moçambique”, às 18 horas. A exposição é inaugurada nesta data como uma homenagem ao esforço imenso do povo moçambicano na luta pela sua independência.

A entrada é livre e na mostra estarão expostas mais de 60 peças, de mais de 40 artistas moçambicanos e moçambicanas. A curadoria é da responsabilidade de personalidades de reconhecido mérito cultural: Frank Ntaluma, Ricardo Vicente, Roberto Chichorro, Rui A. Pereira e Titos Pelembe.

Durante o período expositivo, a UCCLA irá organizar visitas guiadas, iniciativas com escolas, palestras, espetáculos e ciclos de cinema moçambicano.Com a parceria da Embaixada de Moçambique em Portugal e da Câmara Municipal de Lisboa, a exposição estará patente até ao dia 15 de maio.

Moçambique celebra o Dia dos Heróis Moçambicanos a 3 de fevereiro para recordar os muitos que lutaram e morreram durante a guerra de independência contra Portugal, que terminou em 1975. A data é baseada no dia do assassinato de Eduardo Chivambo Mondlane, um importante líder da independência na história do país.

Moçambique celebra o Dia dos Heróis Moçambicanos a 3 de fevereiro para recordar os muitos que lutaram e morreram durante a guerra de independência contra Portugal, que terminou em 1975. A data é baseada no dia do assassinato de Eduardo Chivambo Mondlane, um importante líder da independência na história do país.

Lista de artistas:

Aberto Chissano 
Amilton Neves Cuna
Ângela Ferreira 
Ângelo de Sousa
Atija Assane
Bela Rocha   
Carlos Nogueira 
Celestino Mudaulane
Célia Bragança 
Ernesto Shikhani 
Estevão Mucavele 
Eugénia Mussa 
Fernando Machiana 
Filipe Branquinho
Gemuce
Gonçalo Mabunda 
Ídasse Tembe
Ilídio Canja
José Cabral
José Pádua
Lívio de Morais 
Lizette Chirrime 
Maimuna Adam
Malangatana Ngwenya
Malenga
Mankew Mahumana
Mapfara
Margarida de Araújo 
Margot Dias
Mário Macilau 
Mauro Pinto
Moira Forjaz
Mudungaze
Naguib Abdula
Nália Agostinho
Ntaluma
Reinata Sadimba
Ricardo Rangel
Roberto Chichorro
Samate Mulungo
Sérgio Santimano
Susy Bila
Victor Sousa
Zaqueu Ubisse

 

Coleções presentes na exposição:

Art Dispersion Unipessoal, Lda.
Coleção da Caixa Geral de Depósitos, Lisboa
Coleção MNAC – Museu Nacional de Arte Contemporânea
Coleção particular de Graça Rodrigues
Coleção particular de Horácio Figueiredo
Coleção particular de Paulo Varanda
Coleção particular de Roberto Chichorro
Coleção particular de Rui Brito
Coleção particular de Rui Vasquez
Coleção particular de Sandra Pacheco
Coleção Serigrafia Artística António Moreira
Coleções de artista
Colectivo Multimédia Perve
CPS – Centro Português de Serigrafia
Fundação PLMJ
Monitor
MOVART
Museu Nacional de Etnologia
Nimba Galeria
THIS IS NOT A WHITE CUBE
UCCLA

Morada:
UCCLA – Casa das Galeotas
Avenida da Índia, n.º 110 (entre a Cordoaria Nacional e o Museu Nacional dos Coches), em Lisboa.

Industrializar Galiza. Vaia uma ironia!

Aberta convocatória da XXIV Ediçom do Prémio de poesia Fiz Vergara, que nom discrimina por normativa

Disponibilizamos contributos de Luísa Villalta na Revista Agália

Séchu Sende apresenta O Povo Improvisador no CS Gomes Gaioso da Corunha

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, na Guarda

Sergio Rey, do IES de Cacheiras, ganha o “I Prêmio Escolar Internacional de Livros de Cordel”

Industrializar Galiza. Vaia uma ironia!

Aberta convocatória da XXIV Ediçom do Prémio de poesia Fiz Vergara, que nom discrimina por normativa

Disponibilizamos contributos de Luísa Villalta na Revista Agália

Séchu Sende apresenta O Povo Improvisador no CS Gomes Gaioso da Corunha