I Jornada de Estudo Clara Corbelhe sobre “Crise, conflito e antagonismo”



A I Jornada de Estudo Clara Corbelhe quer fornecer um espaço para a reflexão, o debate e a formação, desde a abordagem crítica do presente em chave galega.

O Espaço Clara Corbelhe convoca pesquisadoras, militantes de movimentos sociais e políticos de base, académicas e estudantes de todas as áreas de conhecimento para participar da I Jornada de Estudo, que decorrerá no sábado, dia 10 de setembro, no Paço da Cultura da cidade de Ponte Vedra.

A jornada inclui palestras, paineis e sessões de formação, com figuras de destaque dos campos político, académico e social, convocadas com o intuito de abordar, desde a história, a sociologia, a teoria crítica e a economia, as seguintes questões:

  • Como discorreram entre nós os efeitos dos projetos associados ao progresso desarrollista espanhol e ao agro-capitalismo transnacional?
  • Que teorias nos ajudam a enxergar criticamente o esfarelamento do comunal na Galiza?
  • Assistimos a uma crise irreversível do projeto global? E se assim for, como se manifesta o colapso entre nós e com que potencialidades contamos na Galiza para confrontar os reptos associados a ele?
  • Em que consiste a subalternidade galega contemporânea? Como se apresenta hoje o conflito nacional e o seu antagonismo? Que teorias nos ajudam na luta por superá-la?

Programa

  • 09:30: “Cara a constituição duns Estudos Emancipatórios Galegos”.
    Relatora: Helena Miguélez-Carballeira.
  • 10:00-11:30: Conferência Inaugural. “Cultura popular e mudança da sociedade rural galega da segunda metade do século XX”.
    Relatora: Alba Díaz Geada.
  • 11:30-12:00: Café 
  • 12:00-13:30: Sessão 1: “Galiza no momento pós-global: colapso e coexistências”.
    Relatores: Adrián Dios e Iolanda Teixeiro. Moderador: Antom Santos.
  • 14:00-15:00: Jantar 
  • 16:00-17:30: Sessão 2: “Espanholidade, colonialidades e novas subjetividades”.
    Relatores: Borxa Colmenero e Júlia Ojeda. Moderador: David Rodríguez.
  • 17:30-18:00: Café 
  • 18:00-19:30: Leitura guiada de “A Grande Transformação” de Karl Polanyi.
    Relator: Ramón López-Suevos.

Inscrição prévia

Para participar na jornada é preciso inscrição prévia através do formulário que se segue:

A inscrição é de graça para assinantes do Espaço Clara Corbelhe. As sócias “caseteiras” receberão, aliás, um agasalho extra pola participação no evento.

A cota de inscrição é de 10 euros para não associadas e não assinantes, recebendo pola participação uma cópia do número 1 da revista Clara Corbelhe. O pagamento da inscrição realizar-se-á no próprio dia do evento.

Certificação da jornada

Para as participantes que o desejarem emitir-se-á uma certificação oficial da jornada pola participação do evento por duração de 8h de atividade formativa.

Intervenientes

  • Helena Miguélez-Carballeira. Catedrática de Estudos Hispânicos na Universidade de Bangor (Gales) e autora do livro “Galiza, um povo sentimental? Género, política e cultura no imaginário nacional galego” (Através, 2014).
  • Alba Díaz Geada. Doutora em História Contemporânea pola Universidade de Santiago de Compostela. Professora na Área de Antropologia Social da USC.
  • Antom Santos. Doutor em História pola Universidade de Santiago de Compostela. Colaborador com vários meios do soberanismo.
  • Adrián Dios. Doutor em História Económica pola Universidade de Santiago de Compostela. Professor de Economia na USC e membro do grupo de investigação GESPIC.
  • Iolanda Teixeiro. Pedagoga Social pola Universidade de Santiago de Compostela. Pertence à Executiva da Rede para o Decrecemento Eo-Navia/Galiza/ O Bierzo. Articulista habitual em diversos jornais.
  • Borxa Colmenero. Doutor em Direito pola Universidade da Corunha e doutor em Teoria Política pola Universidade de Santiago de Compostela. Advogado e professor de Direito na Universitat Oberta de Catalunya.
  • David Rodríguez. Ensaísta e articulista. Autor do livro O canastro sen tornarratos (Xerais, 2018) e ganhador do prémio Vicente Risco de Ciências Sociais de 2022.
  • Júlia Ojeda. Graduada em Estudos Literários e doutoranda na Universitat Oberta de Catalunya sobre narrativas da crise. Membro do Conselho de Redação da revista de pensamento crítico catalã Catarsi.
  • Ramón López-Suevos. Catedrático de Economia Aplicada na Universidade de Santiago de Compostela e autor, entre outros, dos livros “Problemática nacional e colonialismo” (Xistral, 1978), “A estructura espacial interna da economía española: unha crítica da posición autonomista” (Xistral, 1981) e “Socialismo e mercado” (Laiovento, 1992).

PUBLICIDADE