Partilhar

Homenagem a Carvalho Calero em Betanços

20201118_200349A Associação  cultural, gastronómica, juvenil e deportiva Lar de Unta de Betanços  organiza o próximo sábado 21 de novembro uma jornada de homenagem  a Carvalho Calero para comemorar as Letras Galegas 2020.

Co nome de “Cerna de Carvalho, Carvalho Calero” o Lar de Unta promove esta jornada na que se repasará a vida, obra literaria e posicionamento linguístico do professor  ademais da participação  do público no visionado do filme “O decreto Filgueira”. Posteriormente há um colóquio com duas perssoas vinculadas à defesa da lingua, a professora do IES As Marinhas, Dores Cao, e o escritor e ativista Ramiro Vidal Alvarinho.
O ato dará começo às 18:30 com uma oferenda no adro da igreja de Santa María de Azogue para continuar às 19:00 com a projeção do filme “O decreto Filgueira” organizada polo Cine Clube Lar de Unta. No fim do passe  do documentário terá lugar o colóquio, introducido por Dores Cao, professora de língua e literatura do IES As Mariñas e conhecedora perssoal de Carvalho e da sua obra e mais Ramiro Vidal Alvarinho, escritor e defensor do galego reintegrado que participarám da charla com o público assistente. A entrada é livre ata completar o aforo permitido.
A jornada está patrocinada pola Deputação  Provincial da Corunha. Manteram-se as medidas adotadas  pelas autoridades sanitárias para a COVID-19 nas distâncias, aforo, obriga de uso de máscaras e gel hidroalcoólico assim como as medidas higiénicas e de desinfeção do local.

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Inauguração da exposição “Sonhar a Palavra Liberdade” no Camões – Centro Cultural Português em Vigo

Crianças homenageiam Rosalia de Castro este sábado em Outeiro de Rei

Conversa arredor da obra “Porque caiu a Galiza” de José Manuel Barbosa em Carvalho

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Inauguração da exposição “Sonhar a Palavra Liberdade” no Camões – Centro Cultural Português em Vigo