Partilhar

Fernanda Ribeiro é primeira mulher a vencer o UCCLA-UCMLisboa

Brasileira é a ganhadora do ‘9º do Prêmio Revelação Literária UCCLA-CMLisboa – Novos Talentos: Novas Obras em Língua Portuguesa’

A escritora mineira Fernanda Teixeira Ribeiro levou o prêmio máximo do 9º Prêmio Revelação Literária UCCLA-CMLisboa – Novos Talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa com o romance “Cantagalo”,

A autora é a primeira mulher a vencer o prêmio, que existe desde 2016.

Com isso, além do prêmio em dinheiro, a obra será publicada em Portugal pela editora Guerra e Paz e participará como convidada do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa, em Cabo Verde.

A obra

Ainda sem previsão de ser lançado no Brasil, o livro “Cantagalo” narra a trajetória de uma família mineira do começo do século 20, marcada por um casamento arranjado incomum: mulher branca do baronato do café e filho de escravizada.

Em ordem não-cronológica, a obra vai e vem na história do casal, das suas descendentes e dos seus agregados para se aprofundar nos desdobramentos sociais e psíquicos da forma social escravista e do patriarcado, feridas abertas do período em questão e que permanecem nos dias atuais.

A protagonista da trama é Dona Praxedes, viúva e única mulher a liderar uma fazenda de café no Alto Paranaíba, em Minas Gerais. Temida pelos empregados e vista como arrogante pelos parentes, ela guarda um segredo sobre sua família.

O prêmio

O Prêmio Revelação Literária UCCLA-CMLisboa vem, a cada edição, crescendo em inscrições e importância no universo lusófono.

Promovido pela União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA) e a Câmara Municipal de Lisboa, a premiação distingue, todos os anos, um original inédito de romance ou poesia escrito em língua portuguesa.

A edição 2023 recebeu mais de 160 inscritos, vindo de todos os continentes. A organização informa que foram recebidas inscrições da Ásia (Timor-Leste), África (Países de Língua Portuguesa e Senegal), América (Brasil), Europa (Alemanha, Polónia, Holanda, Reino Unido, Suíça), e Médio Oriente (Israel).

Foram concedidas duas menções honrosas, para as obras:

• Chão de Saibro, poesia de Frederico da Cruz Vieira de Sousa, brasileiro, de 42

anos, residente Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil;

• A Sintaxe da Guerra, romance de Joaquim Njungo Jeremias, angolano, de 29

anos, natural de Luena, província de Moxico, Angola

Conheça a autora

Fernanda Teixeira Ribeiro foi a primeira mulher a vencer o Prêmio Revelação Literária UCCLA-CMLisboa: Novas Obras em Língua Portuguesa, com o romance “Cantagalo”. Nascida em 1984, em Uberaba, no estado de Minas Gerais, no Brasil, é bacharel em Comunicação Social e doutora em Ciências do Desenvolvimento Humano. Atua como pesquisadora no campo da neurobiologia das emoções e como jornalista e editora de ciência. Integrou o Curso Livre de Preparação do Escritor (CLIPE) da Casa das Rosas em 2019. Faz parte do coletivo artístico In-Fâmia e é co-autora da antologia de contos “Somos Todos Perigosos” (Urutau, 2021).

Instagram: Fernanda Ribeiro @fernandatribeiro

50 anos de Abril na Galiza apresenta-se na Escola Oficial de Idiomas de Compostela

Oficina de leitura em português do Brasil

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, em Vigo

A Mesa tramitou mais de um milhar de expedientes em 2023

Areias de Portonovo, uma jornada atlântica da Galiza ao Brasil

A USC comemora os 50 anos da revolução de 25 de Abril que deu início à democracia contemporânea em Portugal

50 anos de Abril na Galiza apresenta-se na Escola Oficial de Idiomas de Compostela

Oficina de leitura em português do Brasil

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, em Vigo

A Mesa tramitou mais de um milhar de expedientes em 2023