Partilhar

Prolonga-se o prazo para apresentar candidaturas para o Prémio de Revelação Literária da UCCLA até fevereiro

As candidaturas para a oitava edição do Prémio de Revelação Literária UCCLA-CMLisboa – Novos Talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa estão a decorrer até ao dia 10 de fevereiro de 2023.

O Prémio de Revelação Literária UCCLA-CMLisboa tem como objetivo estimular a produção de obras literárias, nos domínios da prosa de ficção (romance, novela, conto e crónica) e da poesia, em língua portuguesa, por escritores que nunca tenham publicado uma obra literária.

São admitidas candidaturas de concorrentes que sejam pessoas singulares, de qualquer nacionalidade, fluentes na língua portuguesa, com idade não inferior a 16 anos. No caso dos menores de 18 anos, a atribuição de prémios ficará sujeita à entrega de declaração de aceitação pelos respetivos titulares do poder paternal.

São admitidas candidaturas de concorrentes que sejam pessoas singulares, de qualquer nacionalidade, fluentes na língua portuguesa, com idade não inferior a 16 anos.

A participação na presente iniciativa deverá ser feita até às 24h00 do dia 10-02-2023, por correio eletrónico, para o endereço premioliterario@uccla.pt nos termos previstos no Regulamento.

A obra deverá ser apresentada em formato Word, A4, com o tipo de letra Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,5 e a página deverá ser formatada de modo a que as margens superiores e inferiores apresentem 2,5 centímetros, a margem esquerda apresente 4 centímetros e a margem direita apresente 3 centímetros, não excedendo as 400 páginas.

A pessoa candidata apenas poderá apresentar uma obra a concurso e não poderá ter outras obras editadas em papel ou formato digital comercial (os textos inscritos em sites e blogues pessoais, que não estejam à venda não contam como edição, pelo que se permite ao seu autor candidatar-se), nos domínios da Prosa de ficção (romance, novela, conto e crónica) e da Poesia. Poderão candidatar-se pessoas que tenham apenas textos editados/publicados em coletâneas de poesia e contos, bem como autorese autoras com obras de teor didático, científico e académico.

Este prémio, criado em 2015, é uma iniciativa da UCCLA em conjunto com o Movimento 800 anos da Língua Portuguesa. Em 2020 foram estabelecidas duas parcerias: uma com a editora Guerra e Paz, que passará a responsabilizar‐se pela edição da obra premiada e outra com a Câmara Municipal de Lisboa, no âmbito do Festival Literário de Lisboa ‐ 5L.


O júri está integrado por reconhecidas personalidades do mundo literário e cultural de língua portuguesa:

Domício Proença (Brasil), Germano Almeida (Cabo Verde), Hélder Simbad (Angola), Inocência Mata (São Tomé e Príncipe), José Pires Laranjeira (Portugal), Luís Carlos Patraquim (Moçambique), Luís Costa (Timor-Leste), Tony Tcheka (Guiné-Bissau), Yao Jing Ming (Macau) e Rui Lourido, como representante da UCCLA.

A Mesa tramitou mais de um milhar de expedientes em 2023

Areias de Portonovo, uma jornada atlântica da Galiza ao Brasil

A USC comemora os 50 anos da revolução de 25 de Abril que deu início à democracia contemporânea em Portugal

Sónia Engroba: ‘Não somos conscientes nem conhecedores do poder da nossa própria língua’

Novidades Através: 50 anos de Abril na Galiza

Lançamento do livro González-Millán, a projeção de um pensamento crítico, em Braga

A Mesa tramitou mais de um milhar de expedientes em 2023

Areias de Portonovo, uma jornada atlântica da Galiza ao Brasil

A USC comemora os 50 anos da revolução de 25 de Abril que deu início à democracia contemporânea em Portugal

Sónia Engroba: ‘Não somos conscientes nem conhecedores do poder da nossa própria língua’