Partilhar

Daniel Barral ganha concurso literário da Faculdade de Filologia da USC com umha obra em reintegrado

facultade-filoloxia-foto-santi-alvite
Santi Alvite

O certame literário Mazarelos, organizado pola Comisión de Normalización Lingüística da Faculdade de Filologia da USC, concedeu o primeiro prémio à obra O livro de Liu Changqing, do escritor Daniel Barral Calvo. O jurado distinguiu no seu ditame “a coesom da obra e a particular coesom dum universo próprio por meio da poesia”. O segundo prémio foi para Sara Porto Puente pola obra Tarde da que se salientou “a madurez de estilo que representa”.
Barral Calvo é estudante do mestrado em Professorado, enquanto Porto Puente é aluna do grau em Filologia Clássica. Na modalidade científica foi premiado Miguel Baena Laseca, aluno do grau em Veterinária, por Gustaralles o jazz ás moscas?
Um total de 36 trabalhos concorrêrom à sétima ediçom deste certame. Ademais, nove dos originais apresentados estavam enquadrados na categoria de obras de carácter científico, umha novidade com respeito a ediçons anteriores e desenvolvida em colaboraçom com a Associaçom AgroMar. O jurado estivo composto por Mario Regueira e Carlos Pérez Varela, escritores e professores da Faculdade de Filologia; Clara Vázquez, professora de galego; Sabela Fernández, professora e editora; e Samuel Solleiro, músico, poeta e tradutor. Na modalidade científica, o comité assessor estivo integrado por Ana Manuela Azevedo Gomes, Uxía Yáñez Ramil e Damián da Silva Martins, membros da associaçom de investigaçom AgroMar.

O jurado estivo composto por Mario Regueira e Carlos Pérez Varela, escritores e professores da Faculdade de Filologia; Clara Vázquez, professora de galego; Sabela Fernández, professora e editora; e Samuel Solleiro, músico, poeta e tradutor.

Com o objetivo de fomentar a criatividade da mocidade universitária e desenvolver a sua capacidade de expressom em língua galega, este certame contribui também a descobrir potenciais figuras da literatura em língua galega. Os prémios do certame som dotados com 600 e 400 euros na modalidade aberta, e 500 euros na modalidade científica, além do correspondente diploma honorífico.
O número de originais recebidos superou com amplitude os treze do ano passado e igualou as cifras de 2019, ano no que também se apresentárom 36 originais, a quantidade mais elevada no conjunto da história do prémio. O Concurso Literário Mazarelos conta com o apoio económico da Secretaría Xeral de Política Lingüística da Xunta de Galicia.

Alfonso Rueda foi sócio da AGAL

Monográficos da Semente Compostela 2023

Bestiário maternal, maternidade bestal

AGAL quer mais português e mais relaçom com Portugal nos concelhos

Convocado em Ribeira Grande (Açores) o 38º Colóquio da lusofonia

Lançamento do livro de Leandro Lamas em Neda

Alfonso Rueda foi sócio da AGAL

Monográficos da Semente Compostela 2023

Bestiário maternal, maternidade bestal

AGAL quer mais português e mais relaçom com Portugal nos concelhos