Começa crowfunding para editar o livro de artista “Leandro Lamas. Umha mao de pintura”



A proposta é umha homenagem a um dos ilustradores galegos mais conhecidos, reconhecidos e generosos com os movimentos sociais da Galiza.

Leandro Lamas retratado por Ignacio Hernández.

Através Editora, selo editorial da AGAL está em processo de produção da obra, que pretende ter rematado para finais do ano. O ideólogo da ediçom e autor do prólogo é o escritor, ativista e regueifeiro Séchu Sende (1972), e o editor é Xiao Berlai, músico, professor no Ensino Secundário em Dodro e membro da AGAL.

A campanha, que começou o primeiro de novembro, pretende recadar 4500 euros, para poder editar um livro da máxima qualidade na fotografia, tipo de papel e de capa, diagramaçom, etc. Para além de produzir lâminas específicas que acompanhem a publicaçom, e cobrir outros gastos da campanha, como o envio, gestom ou deslocamentos.

Para participar na campanha, desenvolvida na plataforma de micromecenado Verkami, há que entrar aqui. Onde há numerosas recompensas a partir de 20€.

Leandro Lamas

(1973) É ator e diretor teatral e, com certeza, um dos melhores ilustradores da Galiza. Dedicado, desde 1998, ao mundo da pintura, participa em exposições (nacionais e internacionais), murais, livros, discos musicais, etc. O seu estilo naïf caracteriza-se pela vivacidade das cores e o emprego de certos elementos como o sol, o campo, o mar ou as árvores. Possui uma obra muito extensa, totalmente pessoal e reconhecível, sendo que o seu estilo enche de alegria os ambientes.

 


PUBLICIDADE