Partilhar

Ciclo de aulas abertas “Vozes de mulheres nas literaturas em língua galega e portuguesa”

No próximo mês de novembro irá decorrer na Faculdade de Filologia e Tradução da Universidade de Vigo e no Centro Cultural Português-Vigo do Camões, I.P, um ciclo de aulas abertas sobre género e literatura com o título Vozes de mulheres nas literaturas em língua galega e portuguesa.

 

ciclo-vozes-na-lit-de-mulheres-galegas-e-portuguesasOrganizado pelo projeto de investigação POEPOLIT II , pelo Programa de Doutoramento Interuniversitário em Estudos Literários e pela I Cátedra Internacional José Saramago da Universidade de Vigo, este ciclo estrutura-se em sete sessões,  com a participação de seis conferencistas, três de origem galega e três de origem portuguesa.

 

Quarta-feira, 03/11/2021 | CCP-Vigo | 16h00-17h30

“Género e literatura africana lusófona: A resiliência feminina em A Confissão da Leoa de Mia Couto”, Egídia Souto (Université de la Sorbonne Nouvelle)

 

Sexta-feira, 05/11/2021 | FFT, Sala A8 | 11h00-13h00

“Seminário: A resiliência feminina em A Confissão da Leoa de Mia Couto”, Egídia Souto (Université de la Sorbonne Nouvelle)

 

Quarta-feira, 10/11/2021 | CCP-Vigo | 16h00-17h30

“Caminhos de reescrita da memória na poesia de Ana Luísa Amaral”, Cândido de Oliveira Martins (Universidade Católica Portuguesa – Braga)

 

Sexta-feira, 12/11/2021 | FFT, Sala A8 | 11h00-13h00

“O corpo é que paga: país e género em A Gorda, de Isabela Figueiredo”, Ana Bela Almeida (University of Liverpool)

 

Quarta-feira, 17/11/2021 | CCP-Vigo | 16h00-17h30

“Charla con Luz Fandiño: A poeta analfabeta“, Luz Fandiño (poeta)

 

Quarta-feira, 24/11/2021 | CCP-Vigo | 16h00-17h30

“Recital comentado: Sonora e a voz de muller”, Chus Pato (poeta)

 

Quarta-feira, 01/12/2021 | CCP-Vigo | 16h00-17h30

Unha sorte de anarquía. A vida e a obra de Xela Arias”, Chus Nogueira (Universidade de Santiago de Compostela)

 

As sessões serão de entrada livre sujeitas à lotação da sala.

Industrializar Galiza. Vaia uma ironia!

Aberta convocatória da XXIV Ediçom do Prémio de poesia Fiz Vergara, que nom discrimina por normativa

Disponibilizamos contributos de Luísa Villalta na Revista Agália

Séchu Sende apresenta O Povo Improvisador no CS Gomes Gaioso da Corunha

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, na Guarda

Sergio Rey, do IES de Cacheiras, ganha o “I Prêmio Escolar Internacional de Livros de Cordel”

Industrializar Galiza. Vaia uma ironia!

Aberta convocatória da XXIV Ediçom do Prémio de poesia Fiz Vergara, que nom discrimina por normativa

Disponibilizamos contributos de Luísa Villalta na Revista Agália

Séchu Sende apresenta O Povo Improvisador no CS Gomes Gaioso da Corunha