Partilhar

AGAL organiza obradoiros de português para centros de ensino primário e secundário em Moanha

Os ateliês, financiados pola cámara municipal, estám desenhados específicamente para alunado galego dos dois níveis educativos, serám ministrado pelo professor Eduardo Fernández durante o mês de abril com estudantes da comarca do Morraço.

Na quinta-feira dia 4 de abril começa a atividade com um ateliê de 10:05 a 11:40, para o alunado do CEIP plurilingue Reibón. O modelo de curso é o INHO, com conteúdos adaptados às capacidades de estudantes do terceiro ciclo de primário, 5º e 6º (10 a 12 anos) ministrado pelo filólogo Eduardo Fernandez.

Na sexta-feira dia 5 de abril, decorrerám duas sessões do OPS [O Português Simples], de 10h a 11:40 e de de 12 a 13:40. O curso está pensado para alunas e alunos a partir dos 12 anos (ESO, Bacharelato, Formação Profissional…) e será ministrado também por Eduardo Fernández, no IES As Barxas, de Moanha.

Na segunda-feira dia 8 de abril, de 12:30 a 14:10 mais um OPS será ministrado na vila do Morraço, esta vez no IES Plurilingue A Paralaia. E de tarde, entre as 16h e as 17:40, com mais uma turma de estudantes diferentes, desenvolvera-se uma segunda sessom.

Na quinta-feira dia 11 de abril, de 9:15 a 10:55, decorre mais um INHO, com crianças do Colégio Público de Seara. E na mesma jornada, de 12h a 13:40 a mesma atividade será oferecida para estudantes do CEIP Quintela.

Na sexta-feira, dia 12, mais um ateliê de primário será oferecido ao alunado do Colégio Público de Domaio em horário de 10:10 a 11:50h.

E finalmente, na quinta-feira dia 18 de abril, um par de ateliês finalizam a gira formativa, com uma sessom no CEIP de Abelendo, de 10:05 a 11:45, e mais uma de 12:40 a 14:20 na escola da paróquia de Tirám.

INHO

O ateliê, intitulado “O Mundo do INHO”, foi elaborado pelo professor Carlos Valcárcel da Faculdade de Ciências da Educação e do Desporto de Ponte Vedra, especialista no ensino e aprendizagem de línguas. Os objetivos são:

  • Específico: Facilitar a leitura de textos escritos com a ortografia portuguesa descobrindo correspondências entre os sons do galego oral.
  • Transversal: Reflexionar sobre a vocação profissional. Os textos de trabalho tratam as características gerais duma série de profissões. Banir preconceitos de gênero em relação ao trabalho.

OPS

Conteúdos
Unidade 1. Temos muito que ganhar

Objetivos gerais:

  • Mostrar a vantagem competitiva da Galiza em relação à Lusofonia.
  • Mostrar o que a Lusofonia representa em termos geográficos, culturais e económicos.
  • Tomar consciência do que sabemos e desconhecemos respeito aos países que falam português.
  • Mostrar o que a população galega pode ganhar sabendo português.
Unidade 2. Ler está ao alcance dos teus olhos (ortografia)

Objetivos gerais:

  • Mostrar que as palavras e as letras podem ser lidas de distintas formas.
  • Mostrar como se leem à galega as letras do alfabeto português não presentes na ortografia comum do galego.
*Unidade 3. Sabemos muito, mais não nos devemos confiar (léxico/gram)

Objetivos gerais:

  • Mostrar a nossa vantagem competitiva e, termos de compreensão escrita (gramática e léxico).
  • Mostrar que grande parte do léxico é comum.
  • Advertir das dificuldades léxicas: sinónimos, falsos amigos, palavras modernas, anglicismos.

*Entre a unidade 2 e 3 jogaremos a preencher espaços na letra duma canção brasileira.

Unidade 4. Podes aprender ti próprio(a)

Objetivos gerais:

  • Fornecer recursos para os alunos e alunas serem autónomos/as na aprendizagem.
  • Fornecer recursos culturais (música, cinema, jornais, e-books, jogos) para que se mergulhem no mundo em português.

50 anos de Abril na Galiza apresenta-se na Escola Oficial de Idiomas de Compostela

Oficina de leitura em português do Brasil

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, em Vigo

A Mesa tramitou mais de um milhar de expedientes em 2023

Areias de Portonovo, uma jornada atlântica da Galiza ao Brasil

A USC comemora os 50 anos da revolução de 25 de Abril que deu início à democracia contemporânea em Portugal

50 anos de Abril na Galiza apresenta-se na Escola Oficial de Idiomas de Compostela

Oficina de leitura em português do Brasil

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, em Vigo

A Mesa tramitou mais de um milhar de expedientes em 2023