A língua em décadas: conversa com Carme Saborido e Jon Amil



img_20211109_163739_941Na próxima terça-feira, dia 9 de novembro, decorrerá a sexta convocatória do ciclo de conversas organizado pola AGAL “A língua em décadas”, umha série em que a diretora do PGL, Charo Lopes, fala com diferentes vultos em matéria de língua ligados a umha determinada década. A atividade está subvencionada pola Deputaçom da Corunha, e tem por objetivo analisar os acontecimentos chave a nível de língua e a sua repercussom para o idioma.

Desta volta serám duas pessoas as entrevistadas, a professora de português Carme Saborido, e o responsável polo consultório linguístico da AGAL, Jon Amil.

A série começou com a década de 70 e a participaçom do linguista José-Martinho Montero Santalha, que pode ver-se aqui, continuou com o professor José Luís Rodríguez para analisar a década de 80 e fechou o século Bernardo Penabade com a analise dos anos 90. Para começar o século XXI foi entrevistado Carlos Callón, que falou dos anos dous mil. E Maria Vila-Verde foi a encarregada de tratar a última década antes da atual, os anos dez do presente século.

O evento poderá seguir-se ao vivo, às 20h desde as contas do PGL de youtube e do facebook. As pessoas assistentes poderám escrever comentários ou perguntas durante a entrevista.

O evento poderá seguir-se ao vivo, às 20h desde as contas do PGL de youtube e do facebook. As pessoas assistentes poderám escrever comentários ou perguntas durante a entrevista.

carmeCarme Saborido (Padrão, 1982) é licenciada em Filologia Galega pela USC. Atualmente frequenta o Grau de Línguas e Literaturas modernas na mesma universidade. É professora de Português no ensino secundário, mas nestes momentos desfruta de uma excedência para cuidar da sua filha.

O seu interesse pelas línguas e o ativismo começou cedo e levou-a a vários cenários: ativista, livreira, programadora cultural, blogger e agora podcaster.

O seu blogue, Lusopatia, quer ser uma janela aberta ao mundo que permita ver os vastos horizontes e dinamismo da nossa comunidade linguística. Nas Womansplainers opina forte cada semana, como levam a fazer os senhoros a vida toda, com noção ou sem ela.

É membro do conselho da AGAL e também da DPG.

 

jom amilJon Amil (Vigo, 1988) é graduado em Medicina pola USC. Atualmente mora e trabalha em Euskal Herria, e está a aprender euskara em AEK.

O seu ativismo linguístico tem-se desenvolvido principalmente na internet. Foi criador e colaborador de vários blogues e projetos de diferentes temáticas, dos videojogos à divulgaçom científica, mas sempre tendo a promoçom da língua galega como eixo principal. Atualmente dedica a maior parte do seu tempo livre a dizer parvadas polo Twitter, nomeadamente na conta de @emgalego, o consultório linguístico da AGAL.

 


PUBLICIDADE