Partilhar

“A Galiza na jangada do futuro: pensando-nos a partir de Saramago”, dentro da VII Conferência José Saramago em Vigo

No ano do centenário do nascimento de José Saramago, a Cátedra Internacional José Saramago da Universidade de Vigo organiza a VII Conferência Internacional José Saramago.

O evento decorrerá entre os dias 26 e 29 de outubro de 2022, de forma presencial, em Vigo, dividido em três locais diferentes da cidade olívica: no Centro de Visitantes do Parque Nacional das Ilhas Atlânticas, no Edifício Cambóm, no Camões Centro e na Sede Afundación Vigo.

No âmbito desta conferência, que decorrerá entre os dias 26 e 29 de outubro em Vigo, o programa académico inclui palestras, painéis de discussão e mesas-redondas.

No contexto galego, destaca-se a mesa intitulada “A Galiza na jangada do futuro: pensando-nos a partir de Saramago“, o próximo 28 de Outubro, de 15:30 a 17:30h no Auditório C. V. Ilhas Atlánticas, com a participação de:

  •     Xosé María Gómez Clemente (Universidade de Vigo; moderação);
  •     Helena González Fernández (Universitat de Barcelona);
  •     Carlos Quiroga (Universidade de Santiago de Compostela);
  •     Marco Neves (Universidade Nova de Lisboa).

Nele, os/as investigadores/as referidos refletirão sobre a atual situação galega a partir do conceito de transiberismo.

O tema do evento, “A HERANÇA FILOSÓFICA E SOCIOPOLÍTICA DE JOSÉ SARAMAGO”, parte do livro Saramago’s Philosophical Heritage (2018), editado pelos filósofos e professores do Paris Institute for Critical Thinking (PICT), Carlo Salzani (University of Veterinary Medicine Vienna) e Kristoff Vanhoutte (University of the Free State, Bloemfontein), coorganizadores do evento.

Como primeiro eixo temático, explorar-se-á a grande relevância contemporânea do legado filosófico deixado por José Saramago, incluindo questões relacionadas com os animais, a empatia e o antropomorfismo. Completam este eixo, entre outros, os objetivos sociopolíticos da rede JANGADA, a partir dos princípios ético-morais consagrados na Carta Universal dos Deveres e Obrigações dos Seres Humanos.

Inspirada no discurso que Saramago pronunciou no dia 10 de dezembro de 1998 em Estocolmo, quando recebeu o Prémio Nobel de Literatura, a Carta foi elaborada na Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM) por uma comissão de especialistas internacionais e submetida à ONU em 2018. Assim, o segundo eixo temático desta conferência será esta Carta e o debate internacional sobre os seus temas.

O terceiro eixo temático incidirá sobre a relação entre o poético e o político em José Saramago, em estreito diálogo com o projecto “Contemporary Poetry and Politics: Social Conflicts and Poetic Dialogisms”, dirigido pela CJS.

Já o quarto e último eixo temático será dedicado às reflexões sobre a situação atual e o futuro da cultura e língua galegas, a partir das coordenadas e reivindicações que nos oferece o pensamento saramaguiano.

As línguas da Conferência serão o português, o galego, o espanhol e o inglês.

 

O programa completo pode ser consultado aqui:

Programa VIIConferenciaJS

Industrializar Galiza. Vaia uma ironia!

Aberta convocatória da XXIV Ediçom do Prémio de poesia Fiz Vergara, que nom discrimina por normativa

Disponibilizamos contributos de Luísa Villalta na Revista Agália

Séchu Sende apresenta O Povo Improvisador no CS Gomes Gaioso da Corunha

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, na Guarda

Sergio Rey, do IES de Cacheiras, ganha o “I Prêmio Escolar Internacional de Livros de Cordel”

Industrializar Galiza. Vaia uma ironia!

Aberta convocatória da XXIV Ediçom do Prémio de poesia Fiz Vergara, que nom discrimina por normativa

Disponibilizamos contributos de Luísa Villalta na Revista Agália

Séchu Sende apresenta O Povo Improvisador no CS Gomes Gaioso da Corunha