Partilhar

X Encontro de escritores e escritoras de língua portuguesa na cidade da Praia, em Cabo Verde

A “Insularidade e Universalidade na Literatura” é o tema que assinala a X edição do Encontro de Escritores e escritoras de Língua Portuguesa, que decorrerá na cidade da Praia, em Cabo Verde, de 6 a 8 de outubro, que irá reunir escritores e poetas de diversos países de língua portuguesa.

O Encontro de Escritores de Língua Portuguesa é uma iniciativa da UCCLA e da Câmara Municipal da Praia (CMP), em parceria com a Empresa de Mobilidade e Estacionamento da Praia (EMEP), a Academia Cabo-verdiana de Letras (ACL) e a Sociedade Cabo-verdiana de Autores (SOCA).

A abertura oficial do encontro terá lugar no dia 6 de outubro, pelas 15 horas, na Universidade Jean Piaget, e contará com a presença do Primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, do Presidente da CMP, Francisco Carvalho, do Secretário-geral da UCCLA, Vitor Ramalho, do presidente da EMEP, Victor Coutinho, e do presidente da ACL, Daniel Medina.

Após a abertura, decorrerá a apresentação das obras premiadas do Prémio de Revelação Literária UCCLA-CMLisboa – livro “Caligrafia”, poesia de Alexandre Assine e “Três dias em Fevereiro”, romance de Ricardo Ferreira de Almeida.

Neste encontro em torno da língua portuguesa, e ao longo de três dias, serão abordadas as seguintes temáticas:

  • Literatura: Insularidade e Universalidade;
  • Literatura e Sociedade – Inclusão e Património;
  • Vozes Femininas na Literatura – Insularidade e Universalidade;
  • Políticas e temáticas da literatura contemporânea lusófona;
  • Agora Falo Eu – Tertúlia Literária: Testemunho sobre Eu Escritor. Processos de criação Literária e de Edição.

Paralelamente ao encontro, haverá diversas atividades culturais como visita a escolas; feira do livro; apresentação de revistas e livros, tertúlias, entre outras.

Paralelamente ao encontro, haverá diversas atividades culturais como visita a escolas; feira do livro; apresentação de revistas e livros, tertúlias, entre outras.

Está confirmada a participação das seguintes autoras e autores:

  • Angola: José Eduardo Agualusa (online) e Lopito Feijó;
  • Brasil: Alexandre Siloto Assine (online – vencedor do Prémio de Revelação Literária UCCLA-CMLisboa) e Domício Proença Filho (online);
  • Cabo Verde: Andreia Mosso, Augusta Teixeira, Daniel Medina, Dina Salústio, Elisângela Rocha, Fátima Fernandes, Germano Almeida, Hermínia Curado, João Lopes Filho, Jorge Carlos Fonseca, José Luiz Tavares, Madalena Neves, Manuel Brito Semedo, Manuel Veiga e Vera Duarte;
  • Guiné-Bissau: Amadu Dafé (online) e Tony Tcheka;
  • Moçambique: Mia Couto (online), Sheilla Kan e Ungulani Baba Kossa;
  • Portugal: Inês Barata Raposo, Ricardo de Almeida (Menção Honrosa do Prémio de Revelação Literária UCCLA-CMLisboa) e Valter Hugo Mãe;
  • São Tomé e Príncipe: Inocência Mata (online);
  • Timor-Leste: Luís Cardoso “Takas”.

 

Encontro de Escritores de Língua Portuguesa

O Encontro de Escritores de Língua Portuguesa (EELP) é uma iniciativa anual da UCCLA e tem como objetivo contribuir para o diálogo e enriquecimento recíproco entre autoras e autores de todos os países de língua oficial portuguesa. Os encontros são organizados pela UCCLA desde 2010.
Ao longo das edições, já participaram mais de 100 escritores e escritoras, entre os quais algúns dos principais prémios literários das literaturas escritas em Língua Portuguesa – incluindo 6 prémios Camões: Arménio Vieira, Eduardo Lourenço, Germano Almeida, João Ubaldo Ribeiro, Pepetela e Mia Couto -, mas também autoras e autores de diferentes gerações e tradições literárias.
De salientar que as anteriores edições do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa decorreram na cidade de Natal, Brasil (4); Luanda, Angola (1) e Praia, Cabo Verde (4).

programa_x_encontro_eelp_ultimo

Aberto prazo de pré-inscrições para os cursos aPorto 2024

Garavanços com espinafres

AGAL e ABL anunciam leitura pública continuada d’A República dos Sonhos em Santiago de Compostela e no Rio de Janeiro

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Aberto prazo de pré-inscrições para os cursos aPorto 2024

Garavanços com espinafres

AGAL e ABL anunciam leitura pública continuada d’A República dos Sonhos em Santiago de Compostela e no Rio de Janeiro

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico