Partilhar

Santiago quer ser porta de entrada empresarial à Lusofonia

O líder do PP de Santiago de Compostela, Borja Verea, apresentou recentemente uma iniciativa para Santiago recuperar protagonismo internacional aproveitando as sinergias com a Lusofonia. Borja Verea apoiou-se em dados (aumento das exportações para Portugal de 1.400 para 3.700 milhões, 27% da exportação total galega; importância demográfica da macrorregião Ferrol-Lisboa, com 9 milhões de habitantes) para lamentar que deixemos passar uma grande oportunidade para as nossas empresas.

Segundo o PP compostelano, Santiago possui o que é necessário para “pôr em marcha uma estratégia política ambiciosa para nos convertermos numa porta de entrada alternativa a Lisboa, construindo uma cidade aberta, dinâmica e criativa”.

Maria Rozas parabenizou o PP pola proposta, embora a visse discordante do tom que, sobre o idioma, mantém o PP noutras ocasiões. Relativamente ao texto da iniciativa, discutiu, porém, a forma em que Lisboa foi apresentada na mesma, como cidade concorrente e nom colaboradora. Também o PSOE apoiou a proposta, ainda que tivesse preferido um tom menos competitivo com Lisboa na redaçom. A porta-voz socialista pediu ao popular um acréscimo final ao texto da proposta: “procurando o apoio e em coordenaçom com outras administrações públicas”. O acréscimo foi aceite polo grupo proponente e a iniciativa do PP foi aprovada por unanimidade.

Industrializar Galiza. Vaia uma ironia!

Aberta convocatória da XXIV Ediçom do Prémio de poesia Fiz Vergara, que nom discrimina por normativa

Disponibilizamos contributos de Luísa Villalta na Revista Agália

Séchu Sende apresenta O Povo Improvisador no CS Gomes Gaioso da Corunha

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, na Guarda

Sergio Rey, do IES de Cacheiras, ganha o “I Prêmio Escolar Internacional de Livros de Cordel”

Industrializar Galiza. Vaia uma ironia!

Aberta convocatória da XXIV Ediçom do Prémio de poesia Fiz Vergara, que nom discrimina por normativa

Disponibilizamos contributos de Luísa Villalta na Revista Agália

Séchu Sende apresenta O Povo Improvisador no CS Gomes Gaioso da Corunha