Porto e Vigo receberam a 3ª edição do Conexões



A terceira edição do Conexões realizou-se nos dias 16 e 17 de junho no Porto e em Vigo, respetivamente. Contou com a participação de dezenas de jovens e foram debatidos vários temas relacionados com a Lusofonia, os jovens e a língua.

JUPLP Porto

O Conexões é uma iniciativa organizada pela Juventude Unida dos Países de Língua Portuguesa (JUPLP) que tem como objetivo juntar jovens de várias partes do mundo numa roda de conversa para refletir e debater temas relacionados com este espaço comum, a Lusofonia.

No Porto, a primeira etapa do Conexões realizou-se no dia 16 de junho no Jubilant Relax, um espaço cultural com diversas atividades gerido por jovens brasileiros residentes na cidade. A roda de conversa contou com jovens de diversas nacionalidades, desde portugueses, brasileiros, passando por angolanos, cabo-verdianos e galegos.

Como sempre, os debates dos Conexões são ricos na sua diversidade e foram abordados vários assuntos, por exemplo as problemáticas existentes em Moçambique e Cabo Verde, que derivam da imposição da língua portuguesa face às línguas locais. Cabo Verde é um caso paradigmático já que o crioulo é a língua materna da maior parte da população, mas não é língua oficial, sendo-o exclusivamente o português. Em Moçambique, a relação entre as línguas locais e a língua portuguesa é semelhante ao país cabo-verdiano.

Os debates dos Conexões são ricos na sua diversidade e foram abordados vários assuntos, por exemplo as problemáticas existentes em Moçambique e Cabo Verde, que derivam da imposição da língua portuguesa face às línguas locais.

Para os participantes, a ideia principal é que a língua portuguesa deve servir como ponte para outras culturas e territórios. Nunca servir como barreira ou instrumento para asfixiar outras línguas locais, a cultura e a identidade desse povo.

JUPLP Vigo

A segunda etapa da terceira edição do Conexões foi realizada em Vigo, na Galiza, no dia 17 de junho, na Casa da Lusofonia. Foi a primeira vez que a JUPLP realizou uma ação presencial em território galego após a integração da Galiza no movimento. Sendo menos participada que a sessão do Porto, o balanço é positivo devido ao processo de integração ainda ser recente.

O principal assunto foi a Galiza e a sua relação com a Lusofonia, tendo a JUPLP apresentado o trabalho desenvolvido neste assunto, o processo de integração, o recrutamento de jovens galegos e a iniciativa presencial em Vigo. Os membros da Casa da Lusofonia de Vigo também aproveitaram para fazer uma breve apresentação do trabalho que a entidade realiza com a Lusofonia, não só com Portugal, que é o país vizinho, mas também com outros países de língua portuguesa como o é o por exemplo o Brasil, sobretudo a nível comercial.


A iniciativa de Vigo contou com a estimável presença de Bernardino Crego Cervantes, presidente do Centro Português de Vigo, que relatou várias singularidades e curiosidades da história comum da Galiza e de Portugal.

A iniciativa de Vigo contou com a estimável presença de Bernardino Crego Cervantes, presidente do Centro Português de Vigo, que relatou várias singularidades e curiosidades da história comum da Galiza e de Portugal.

A JUPLP quer trabalhar para ser uma verdadeira representação da Lusofonia e dos seus jovens, tal como dos territórios lusófonos no seu todo.

Ricardo Soares, brasileiro, coordenador da JUPLP, e presente na iniciativa diz que “as atividades foram importantes para cravar o espaço em definitivo no território da lusofonia e que o Conexões é um momento importante para ouvir a juventude para traçar novos caminhos da JUPLP”. O coordenador ainda afirma que o objetivo do projeto tem sido efetivado em cada evento e que a JUPLP sempre estará de ouvidos abertos para as demandas da juventude.

Diego Garcia, galego, coordenador da JUPLP, em jeito de balanço aponta que “a terceira edição do Conexões foi positiva, já que no Porto tivemos uma participação superior do que estávamos à espera e é sempre enriquecedor conhecer as várias realidades e perspetivas de assuntos relacionados, o Conexões é isso: uma iniciativa de partilha de conhecimento e experiências. Em Vigo, só a JUPLP ter dado o primeiro passo de realizar esta ação em território galego é benéfico para encontrarmos pontes. A integração da Galiza na JUPLP tem sido um sucesso”.

Lembramos que esta é a terceira edição do Conexões, tendo sido realizada a primeira em Coimbra, em dezembro de 2021, e meses depois na Cidade da Praia, em Cabo Verde. Ainda este ano está a projetar-se a quarta edição em São Paulo, no Brasil.

Diego Garcia

PUBLICIDADE