Partilhar

Flores de Entroido

Revendo todas as lambetadas típicas de Entroido que já tinha feito, percebi que faltavam poucos para fazer (e olha que há avondo!) Um deles são estas flores. A minha mãe contou-me que na casa dela faziam quando ela era pequena. Normalmente faziam folhas de limoeiro, mas de vez em quando também usavam esse molde muito curioso que faz essas flores que têm um sabor entre folhas de limoeiro e orelhas. A receita não tem ciência alguma e os ingredientes são aqueles que sempre temos em casa. O mais complicado da receita é conseguir o molde, e nessa época eles começam a ser vistos nas lojas. Ou se não, sempre podes pedir emprestado, que foi como eu fiz ? Vamos lá!

Ingredientes para 1 dúzia de flores:

  • 6 ovos
  • 100ml de leite
  • 200 gramas de farinha
  • 1 chorro de anis
  • raspas de limão
  • açúcar em pó
  • molde de flor

Preparação passo a passo:

1. Bata os ovos. (kukiconselho: mistura os ingredientes em uma forma alta para que depois seja mais fácil molhar a forma).

2. Adicione o restante dos ingredientes e bata até ficar bem misturado.

3. Em uma pota ou frigideira coloque aceite até cobrir completamente o nosso molde de flor e deixe no aceite até que tanto o aceite quanto o molde estejam bem quentes. Isso é feito para que a massa se cole bem na forma e saiam flores perfeitas.

4. Assim que estiver quente, mergulhe-o na massa (deixando sempre um pedacinho sem molhar para que a flor se solte depois) e introduza-o cuidadosamente no aceite. Assim que a flor estiver pela metade, tentaremos fazê-la cair do molde. Para isso, ou damos alguns toques com o garfo ou fazemos alguns movimentos com o molde para que saia. (kukiconselho: pode acontecer que entre as floradas a forma esfrie, então é melhor colocar a forma novamente no aceite para que fique bem quente novamente).

5. Deixe a flor sobre papel absorvente e polvilhe com açúcar em pó. E feito!

Para ser uma receita tão lambona, tradicional e carnavalesca, é bem rápido! Sem amassar, sem virar, sem nada. Basta mergulhar e fritar! É assim que qualquer um se propõe a prepará-los, certo? Gosto mais deles quando estão frios, mas tudo bem. O bom deles é que podem ser separados em pequenos corações para mergulhá-los no café ou no chocolate. SABOROSO!!!

Podes encontrar esta receita, e muitas outras receitas deliciosas, no sítio web kukinhas.com. Se gostas, podes segui-la também no FacebookInstagram e X. Bom proveito!

AGAL e ABL anunciam leitura pública continuada d’A República dos Sonhos em Santiago de Compostela e no Rio de Janeiro

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Inauguração da exposição “Sonhar a Palavra Liberdade” no Camões – Centro Cultural Português em Vigo

Crianças homenageiam Rosalia de Castro este sábado em Outeiro de Rei

AGAL e ABL anunciam leitura pública continuada d’A República dos Sonhos em Santiago de Compostela e no Rio de Janeiro

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’