Partilhar

Comunidade Educativa do IES de Arçua difunde documentário “2021, 40 anos depois”

Com motivo do Dia europeu das línguas, que se celebra a 26 de setembro, a comunidade educativa do IES de Arçua difunde este documentário de 47 minutos, elaborado com a colaboraçom de María José Pérez, sobre a situaçom do galego na atualidade no âmbito da educaçom secundária.

2021, 40 anos depois
Em 1981 o galego passou a ser considerada língua cooficial na Galiza, passando a ter um status legal que lhe permitiria sair dos espaços informais e íntimos aos que fora relegada pola ditadura franquista.
40 anos depois, no 2021, o alunado do curso 2020-21 do IES de Arçua, maioritariamente galego falante, reflexiona sobre a situaçom sociolinguística do galego nos seus contextos e na adolescência.
Ainda existe a diglossia nas pessoas galegofalantes? Qual é a língua que utilizamos nas redes sociais?
Conhecemos os recursos, as possibilidades para vivermos em galego? As estratégias normalizadoras e normativizadoras dérom resultado? Temos vantagem como galegas para aproximar-nos da lusofonia? Aumentou ou diminuiu o número de falantes de galego? Qual é o futuro da língua?
A partir de diálogos e reflexons do alunado do curso 2020-21 aproximamo-nos destas perguntas e das suas respostas.

Antonio de la Iglesia: Um polímata reintegracionista

Mercedes Rosón: “Nélida Piñon gera muito interesse, pola sua obra e polo seu vínculo com o nosso país, porque ela é também nossa’

Diego Garcia apresenta o seu primeiro conto no Concelho de A Mezquita o próximo 5 de agosto

Antônio Torres: “Fiquei impressionado com a quantidade de pessoas que espontaneamente se apresentaram para participar da Leitura Continuada, como o presidente da Academia Carioca de Letras, Sérgio Fonta, a escritora Lilian Fontes, a atriz Beth Goulart”

Lançamento do livro 50 anos de Abril na Galiza, no Festigal, o 25J em Compostela

Scarpaccia de cabacinha

Antonio de la Iglesia: Um polímata reintegracionista

Mercedes Rosón: “Nélida Piñon gera muito interesse, pola sua obra e polo seu vínculo com o nosso país, porque ela é também nossa’

Diego Garcia apresenta o seu primeiro conto no Concelho de A Mezquita o próximo 5 de agosto

Antônio Torres: “Fiquei impressionado com a quantidade de pessoas que espontaneamente se apresentaram para participar da Leitura Continuada, como o presidente da Academia Carioca de Letras, Sérgio Fonta, a escritora Lilian Fontes, a atriz Beth Goulart”