Partilhar

Berlai apresenta Estampas Galegas em concerto na Casa-Museo Manuel María

A obra, editada na Através, é um conjunto de músicas baseadas em experiências ou reflexões sobre a Galiza de hoje

A Casa-Museo Manuel María acolhe, este sábado, dia 2 de dezembro, às 20h, um concerto de Berlai, projeto musical criado por Xiao Berlai, que junto com a sua banda, apresenta Estampas Galegas. Um conjunto de canções baseadas em experiências vitais ou reflexões sobre a Galiza de hoje.

Estampas Galegas é o último trabalho de Berlai após Desconhecido (2016) e Cas Berlai (2020) e está publicado em formato livro-disco (editado por Através Editora) onde mistura música, pequenos relatos e ilustrações, estas últimas da autoria de Leandro Lamas.

Xiao Berlai (guitarrista, mandolina e voz) estará acompanhado este sábado por Iago Mourinho (piano), Bruno Couceiro (bateria) e Pablo Sanmamed (baixista) que interpretarám as dez canções do trabalho (Um país com dous nomes; Com os melhores desejos; Roubárom-nos a heroína; Encerelhado; Como Elisa e Marcela; Orgulho guai; Un home é um home; Greve do assobio; Como Sue Ellen; Sei que habito) que contam distintas histórias como umha loja de roupa chamada “home” que nem sequer vende calções; a experiência de ser pai e viver a imposiçom de género da sociedade ao filho que acaba de nascer; a progressiva castelhanizaçom do galego; a reivindicaçom do acento galego nas produções audiovisuais a través da figura de Arale; a fantasia de Rosalia a liderar o povo na revoluçom galega…

Para assistir ao concerto é necessário fazer reserva (bilhete 5 euros) em contacto@casamuseomanuelmaria.gal ou no whatsapp 698177621.

Previamente ao concerto, Xiao Berlai manterá umha conversa com as pessoas participantes no Clube de Lectura Xuvenil da Casa-Museo sobre os pretextos, histórias ou reflexões que o próprio Xiao acompanha cada cançom do livro-cd Estampas Galegas.

Garavanços com espinafres

AGAL e ABL anunciam leitura pública continuada d’A República dos Sonhos em Santiago de Compostela e no Rio de Janeiro

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”

O Colexio de Xornalistas anuncia nova edição do Prémio ‘Somos Esenciais’

Inauguração da exposição “Sonhar a Palavra Liberdade” no Camões – Centro Cultural Português em Vigo

Garavanços com espinafres

AGAL e ABL anunciam leitura pública continuada d’A República dos Sonhos em Santiago de Compostela e no Rio de Janeiro

Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

Conversa com Susana Arins na biblioteca Municipal José Saramago, de Compostela, arredor da sua obra “Seique”