A BVG nasceu no ano 2002

A Biblioteca Virtual Galega ‘reviverá’ em Compostela a 14 de fevereiro

A secçom '[email protected]' converteu-se num foro de criaçom para autoras e autores novéis



No ano 2002 nascia da mao da professora Laura Tato, da Universidade da Corunha, um web chamado Biblioteca Virtual Galega. Nele armazenava-se numeroso material de interesse sobre autores e autoras da literatura galega. Umha seçom desse web estivo especialmente ativa durante umha determinada etapa, aproximadamente os primeiros três anos de existência do projeto: a seçom [email protected], um foro de criaçom literária para autores e autoras nóveis.

Depois da popularizaçom dos blogues, este espaço perderia fole, mas nesse momento servia para que pudessem publicar obras e expô-las à leitura, crítica e qualificaçom do público. Segundo o poeta Ramiro Vidal, a Biblioteca Virtual Galega e em geral internet, «marcárom a trajetória de toda umha geraçom de escritores e escritoras». Precisamente, foi através das redes sociais que tomou forma a ideia de fazer algum tipo de evento em lembrança da BVG.

Desta maneira, no sábado 14 de fevereiro, às 20h30, pessoas muito ativas naquela seçom de [email protected] reencontrarám-se num evento que decorrerá na Gentalha do Pichel, em Compostela. Nomes como Alberte Momán, Elvira Riveiro, Claudia Castro, Miguel Vento, Eva Méndez ou Carlos Callón entre outros; também a professora Laura Tato e, na parte musical, o cantautor Xosé Constenla.


PUBLICIDADE