Partilhar

O 39º COLÓQUIO DA LUSOFONIA decorrerá em Vila do Porto (Santa Maria, Açores) de 3 a 6 de outubro 2024

Este evento está organizado pola AICL (Associação Internacional Colóquios da Lusofonia). A Associação tem aberto o prazo para apresentar trabalhos para aquelas investigadoras e investigadores que queiram apresentar algum trabalho no encontro. As normas para os projetos podem ser consultadas aqui.

Da organizaçom também oferecem alguma informaçom sobre voos e hospedagem para as pessoas que desejem participar. E entre as novidades de este ano haverá, para além dos temas de habituais, uma homenagem a Pedro Almeida Maia e também uma homenagem póstuma à Helena Chrystello.

Carme Saborido: “A leitura continuada pode ser um impulso para mais pessoas fazerem outro tipo de consumo cultural que considere a lusofonia como um meio para atingir um fim: viver em galego”

A poesia de Rosalía e Luz Pozo em japonês

Alcachofras assadas

Alexandre Banhos: “A Lei Paz-Andrade é absolutamente desconhecida da administração galega, deu pouco de sim, poderia vir a dar no futuro”

Antonio de la Iglesia: Um polímata reintegracionista

Mercedes Rosón: “Nélida Piñon gera muito interesse, pola sua obra e polo seu vínculo com o nosso país, porque ela é também nossa’

Carme Saborido: “A leitura continuada pode ser um impulso para mais pessoas fazerem outro tipo de consumo cultural que considere a lusofonia como um meio para atingir um fim: viver em galego”

A poesia de Rosalía e Luz Pozo em japonês

Alcachofras assadas

Alexandre Banhos: “A Lei Paz-Andrade é absolutamente desconhecida da administração galega, deu pouco de sim, poderia vir a dar no futuro”