Morreu Afonso Mendes



Afonso Mendes Souto - opiniom

Ontem soubo-se a notícia do falecimento do reintegracionistas corunhês Afonso Mendes Souto, que até 2016 tinha pertencido à AGAL, associaçom para a qual lecionou durante anos cursos on-line. Em 2016 fijo parte do grupo promotor da Associaçom de Estudos Galegos (AEG).

Ele também fora um dos principais impulsionadores do centro social Gomes Gaioso, de tendência reintegracionista, e foi um incansável luitador em prol da língua na Corunha, cidade onde nascera em 1980 e onde morava no bairro de Monte Alto.

Afonso Mendes era licenciado em Filologia Galega pola Universidade da Corunha. Escrevia para o nosso Portal Galego da Língua e para o Diário Liberdade. Para além da atividade desenvolvida no Gomes Gaioso, militou desde mui novinho no movimento independentista.

A AGAL e o PGL unem-se hoje para dar os mais sentidos pêsames à família e a outras e outros companheiros de ativismo de Afonso.


PUBLICIDADE

  • Joám Lopes Facal

    Mais um companheiro da AEG para a memória; saudades de outra perda irremediável.

  • Alarico1946

    Nom tenho muito que dizer. Só que nestes tempos nos que manter o facho acendido da esperança é um trabalho que ainda com-leva custos sociais, a ida dum dos portadores da luz é umha “putada”. Bem por Agal que respeita e nom renega apesares da dissidência a aqueles que um día formárom parte dela