Partilhar

Já disponível segundo volume d’A Evolução histórica dos limites da Galiza de José Manuel Barbosa

Após a publicação do primeiro volume de A Evolução histórica dos limites da Galiza, da autoria de José Manuel Barbosa, a Através lança agora a segunda parte, já disponível nas melhores livrarias da Galiza e Portugal.

Se no primeiro livro o autor abordava os primórdios da Galiza e o seu desenvolvimento como reino soberano, neste segundo volume veremos o decorrer da historia da Galiza desde o esplendor compostelano, passando pela união com Castela, o interessante final da Idade Media e uma Idade Moderna que, apesar da falta de soberania do país, não foi tão obscura como tradicionalmente nos foi transmitido. A seguir reproduzimos o índice do conteúdo do livro:

7- O Esplendor da Galiza Compostelana
7.1. A Dinastia Borgonhesa
7.1.a. Afonso VII Raimundes
7.2. O Esplendor: Fernando II e Afonso VIII
7.2.a. Fernando II
7.2.b. Afonso VIII
8- Os séculos XIII e XIV: União com Castela e declínio do poder galego
9- O final da Idade Média:
9.1 O século XV: Dos Irmandinhos à vingança da Monarquia castelhana
9.2 Reformas e mudanças territoriais durante a época dos Reis Católicos
10- Uns séculos muito obscuros:
10.1 O século XVI: Carlos I e Filipe II
10.2 O século XVII: Filipe III, Filipe IV e Carlos II
10.3 Espaço territorial no século XVII
10.4 O século XVIII: Os Bourbons.
10.5 As divisões territoriais do século XVIII
10.5.a. Divisão provincial de Floridablanca, 1785
10.5.b. Reforma provincial de Cayetano Soler, 1799-1805
11- O difícil século XIX
11.1 A Francesada. Um violento acordar.
11.2 A divisão napoleónica
11.3 Projeto de divisão provincial das Cortes de Cádis
11.4 Projeto de divisão provincial das Ranz e Espiga
11.5 Projeto de divisão provincial de Felip Bauzà
11.6 O reinado de Fernando VIII ou a reafirmação dum poder galego
11.7 A divisão em Províncias de 1821-1822 de Bauzà e Larramendi
11.8 A divisão territorial de Javier de Burgos de 1833
11.9 Isabel II. Tentativas de reafirmação e o nascimento do galeguismo
11.9.a. As Guerras Carlistas
11.9.b. A territorialidade eclesiástica da antiga Metrópole Compostelana
11.9.c. Os prelúdios da Revolução de Abril
11.9.d. A Revolução de Abril de 1846
11.10. Amadeu de Sabóia (1871-1873) e a Primeira República (1873-1874)
12- A Galiza dos tempos atuais
12.1. A Restauração Bourbónica e a Ditadura de Primo de Rivera (1875-1931)
12.2. A II República Espanhola e o Primeiro Estatuto de Autonomia
12.3. O Franquismo 1939-1975
12.4 A Restauração Bourbónica e o Segundo Estatuto de Autonomia
12.5. A territorialidade nos Estatutos Galegos do século XX
12.6. Proposta de regionalização
A modo de conclusão
Bibliografia e linkografia
Índice onomástico
Índice toponímico
Anexos
a) Lista dos reis da Galiza
b) Lista dos reis de Portugal
c) Lista dos régulos/condes de Coimbra

José Manuel Barbosa (Ourense, 1963)
barbosaÉ professor de primário e investigador  e historiador por vocação. Sócio da Associaçom Galega da Língua, fundador da IGEC e académico da Academia Galega da Língua Portuguesa, faz parte do comité organizador das Jornadas galego-portuguesas de Pitões das Júnias e é gestor do DTS despertadoteusono.blogspot.com. Além de articulista, palestrante, e divulgador é autor de livros: Curso prático de Galego (1999) e Bandeiras da Galiza (2006), ambos na Ed. AGAL/Através Ed.;  Atlas Histórico da Galiza (2008), Edições da Galiza e dos poemários coletivos Âmago/Mágoa (2002), Baía. em parceria com Roi Brás, e Dezaoito (18), (2011) e Alén do siléncio (2014) ambos edição dos autores.

A Mesa tramitou mais de um milhar de expedientes em 2023

Areias de Portonovo, uma jornada atlântica da Galiza ao Brasil

A USC comemora os 50 anos da revolução de 25 de Abril que deu início à democracia contemporânea em Portugal

Sónia Engroba: ‘Não somos conscientes nem conhecedores do poder da nossa própria língua’

Novidades Através: 50 anos de Abril na Galiza

Lançamento do livro González-Millán, a projeção de um pensamento crítico, em Braga

A Mesa tramitou mais de um milhar de expedientes em 2023

Areias de Portonovo, uma jornada atlântica da Galiza ao Brasil

A USC comemora os 50 anos da revolução de 25 de Abril que deu início à democracia contemporânea em Portugal

Sónia Engroba: ‘Não somos conscientes nem conhecedores do poder da nossa própria língua’