Turma da Mônica chega ao Cabo Verde em “Viagem aos Países de Língua Portuguesa”

Exposição inaugurada no final de maio fala da viagem aos continentes sem deixar de falar português



turma da mônica

O Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), na cidade da Praia, está hospedando a Mônica, Cebolinha, Magali, Cascão e tantos outros personagens da Turma da Mônica, ao abrigar a exposição  “Turma da Mônica: Viagem aos países de língua portuguesa”, em uma iniciativa da embaixada do Brasil em Cabo Verde.

Com objetivo é mostrar a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa aos público infanto-juvenil e, de uma forma lúdica, mostrar que é possível “ir a vários continentes” sem deixar de falar português, como explica a personagem Mônica, em um dos quadros da exposição.

Os “quadrinhos” estarão expostos por dois meses, coincidindo com Dia da Criança, no 1 de junho, quando estarão abertas as portas do IILP para uma visitação maciça, principalmente dos pequenos.

Na abertura da mostra, está escrito o sentido da “Viagem”:

“E como essa língua que é comum a tantos povos é bonita! Mais do que isso: quantas diferenças ela pode apresentar em cada uma dessas localidades, esse aspeto é de uma riqueza inestimável”.

Quem é Maurício de Souza

Nascido em Santa Isabel, São Paulo, em 1935, é cartunista, escritor e empresário brasileiro. É o criador da “Turma da Mônica”, sendo que as aventuras do cão Bidu e seu tutor Franjinha foram as primeiras tiras publicadas no jornal Folha de São Paulo, em 1959. Depois vieram Cebolinha, Cascão e a Mônica estreou em 1963. O sucesso das tiras de jornais resultaram no lançamento da revista infantil da Turma da Mônica. Maurício de Souza é membro da Academia Paulista de Letras e o mais famoso e premiado autor brasileiro de história em quadrinhos.

José Carlos da Silva

Desde 2008, José Carlos da Silva é correspondente do PGL no Brasil. Residente em Campinas (São Paulo), é produtor cultural e periodista. Como produtor cultural trabalha pela difusão da cultura caipira, que tem na viola de 10 cordas, sua maior expressão.


PUBLICIDADE

  • http://www.isabelrei.com Isabel Rei Samartim

    E vem à Galiza??

  • Paulo Soriano

    Conheci a “Turma da Mônica” no início dos anos 70, quando as historinhas de Maurício de Sousa passaram a ser veiculda pela editora Abril para todo o país.
    Uma menina zangada, superprotera de seu amado coelhinho felpudo azul, que não deixava de dar as devidas “coelhadas” em seus desafetos — e, assim como a gulosa Magali, nos melhores amigos, Cascão e Cebolinha — encantou-me o coração de menino, porque podia ver naquelas crianças não os pequerruchos “ideais” das revistas em quadrinhos norte-americanas (como, por exemplo “Riquinho” ou “Bolota”), mas meninos e meninas reais que, como nós, viviam às turras e, talvez por isso mesmo, se amavam profundamente.
    Além disso, Maurício sabia — e ainda sabe, no alto mirante de seus lúcidos 83 anos — , como ninguém, imaginar um enredo inteligente, extremamanete original, quase sempre surpreendente, e muitas vezes estimulantes à reflexão.
    Parabéns a todos por essa brilhante empreitada.
    Espero que chegue logo à Galiza, à mãe de todo o universo lusófono.