Pandemia



pandemia


PUBLICIDADE

  • Ernesto Vazquez Souza

    que bom que voltou Mincinho… 😉

  • Venâncio

    Como sempre, engraçado, caro M… Mas tem em conta que o port. SURTO (do lat. sortu), no sentido em que o empregas, leva pouco mais de 100 anos em uso.

    Isto para que não se alimentem mitos essencialistas de “autenticidade portuguesa” e o caneco. Percebes.

    • Ernesto Vazquez Souza

      Que parvada de comentário, Fernando… percebe?

      • Venâncio

        Achas? A sério? Tenho lido aqui tanto anacronismo mitologizante acerca de língua portuguesa… afinal um galego castelhanizado com umas pitinhas próprias.

        • Ernesto Vazquez Souza

          não há nada mais do momento, mais efémero e mais contextual que um quadrinho… e apenas 100 anos de palavrinha… enfim… não sei como dizer…

          • Venâncio

            Ernesto:

            Desta vez, o meu comentário era mais para o mincinho, de quem também sou amigo e com quem debato frequentemente estes assuntos.

          • Ernesto Vazquez Souza

            ok… daquela botei a língua a pascer… não considerem os meus comentário…

          • Venâncio

            Não, Ernesto. Todo o comentário, e sobretudo os teus, têm sentido. Eu é que terei feito demasiado em público uma observação ao cartoonista.