Focalizarmos esforço nos meios de comunicaçom



mapa-cos-mais-de-100-medios-en-galego-fonte-oscar-barralA única certeza que tirárom os resultados eleitorais que decorrérom no grosso do território galego que ainda fica sob a administraçom espanhola foi que, se só do Governo depender, nada mudará para a língua: continuará a perder utentes, qualidade e prestígio social.

Neste contexto acho urgente a divulgaçom da norma AGAL entre toda a populaçom, com ou sem reconhecimento oficial. Proponho focalizarmos o esforço nos meios de comunicaçom e apresento duas opções:

-Reforçar algum dos poucos meios que estám a utilizar a norma AGAL para aumentarem conteúdos, frequências de publicaçom ou experimentarem novos formatos.

-Organizar umha convocatória entre os que usam a norma RAG (por volta de cem) para a trocarem pola norma AGAL.

Entre os meios candidatados deveria ser eleito no mínimo um que permitisse a melhor consecuçom dos objetivos de divulgaçom e qualidade previamente fixados. Além de fornecer recursos e orientaçom, cumpriria um esforço económico que ultrapassasse as miserentas ajudas do Governo para as publicações periódicas em galego.

Se nom me engano só o Nós Diário ficaria fora da capacidade económica da nossa associaçom para facilitar o passo do galego-castelhano ao galego-português.

Xián Neto

Xián Neto

Xián Neto é gestor ambiental.
Xián Neto


PUBLICIDADE

  • Ernesto Vazquez Souza

    homem… se houvesse quartos e recursos… antes podíamos fazer do PGL algo profissional, uma publicação de referencia e continuar publicando AGÁLIA…

    • Miro Moman

      O PGL, com que houvesse uma versão compatível com os telemóveis. Uma cousa da que já se falou quando estava ainda em provas mas se calhar na altura não pareceu uma questão relevante…

  • Miro Moman

    Este verão estou a visitar lugares da Galiza (espanhola e portuguesa) que desconhecia e pensei que se calhar haveria que desenvolver uma aplicação que permitisse conhecer a localização dos locais galegófonos (restaurantes, tavernas, cafés, pubs, etc). Pode que uma pequena base de dados e um filtro para o Google Maps fosse suficiente.