Projeçom e colóquio em torno a O Silêncio, filme sobre a batalha de Cambedo e a memória da repressom na raia

Será hoje às 20 horas no C.S. O Pichel, onde também estarão o realizador do documentário José Alves Pereira, a antropóloga Paulo Godinho e a jornalista Ana Luísa Rodrigues



03_cartaz_silencio documenário

Esta terça-feira 23 de julho o jornal Novas da Galiza projetará no centro social O Pichel de Compostela (Santa Clara, 21) o filme O Silêncio, dos realizadores António Loja Neves e José Alves Pereira. A projeçom, que começará às 20:00 horas, será apresentada por um dos diretores do documentário, José Alves Pereira, a antropóloga Paula Godinho –profesora na Universidade Nova de Lisboa e investigadora do Instituto de História Contemporânea– e a jornalista Ana Luísa Rodrigues, autora de reportagens sobre a Guerra Civil espanhola.

Em O Silêncio trata-se o acontecido em Cambedo da Raia (Chaves) em 1946 e a memória daqueles feitos entre algumhas das pessoas que os vivérom. O dia 19 de dezembro daquele ano, a aldeia, onde se refugiaram alguns galegos fugindo da guerra civil, foi brutalmente atacada pola Guardia Civil espanhola, o exército português, a PIDE (a polícia política salazarista) e a GNR (Guarda Nacional Republicana). Dous guerrilheiros morrêrom e vários fôrom apresados. O documentário recolhe testemunhos em primeira pessoa do horror vivido naqueles dias e dos anos de repressom e silêncio que o seguírom.


PUBLICIDADE