Presidente da AGAL, Eduardo Maragoto, nomeado cônsul honorário da Noruega em Espanha e Portugal



crema-de-manO embaixador da Noruega em Espanha, Helge Skaara, comunicou nesta manhã o nomeamento do presidente da AGAL, Eduardo Maragoto, como cônsul honorário em Espanha e Portugal.

O diplomata norueguês, numa nota redigida em galego-português e em galego RAG, salientou  “o esforço realizado polo senhor Maragoto pola procura de nexos culturais entre a Noruega e a Galiza que se refletiram numa imagem positiva do meu país”.

A  proposta binormativa

A  AGAL lançou há uns meses uma proposta de implementaçom de um sistema binormativo que oficialize as duas sensibilidades ortográficas galegas tendo o sistema norueguês como espelho, onde convivem dous modelos ortográficos, o nynorsk  e o bokmål.

Maragoto  manifestou o seu agradecimento e a sua surpresa perante o nomeamento lembrando que a Noruega é um país polo que sempre tivo interesse, pois “para além da questom do binormativismo em que estamos a trabalhar, é uma potência na produçom de bacalhau, produto  tam característico da gastronomia portuguesa e ligado a negócios da minha família.

O  evento, no Porto

A  fim de simbolizar a irmandade entre os povos, o ato de nomeamento vai-se realizar no consulado norueguês do Porto no dia 25 de abril, com a presença dos embaixadores noruegueses em Espanha e Portugal. Maragoto promete assistir com uma folha de bacalhau como  símbolo de concórdia e de boa vontade. marinheiro


PUBLICIDADE

  • abanhos

    Boa escolha a que fez a Noruega.
    A comunicação seria em nynorsk pois é a escrita que gastam os noruegueses o 1 de abril, o resto do ano as suas embaixadas usam o bokmal.
    Mas o Maragoto não faz problemas de escritas nem de línguas. Totum est continuum, só é recuar ao momento certo