Todos os artigos marcados como "Artur Alonso Novelhe"

  • América Latina dentro da viragem global

    A queda do Ocidente   Na década de 90, do século passado, o Império financeiro Ocidental, rumava – por meio da globalização – por ele ocidental idealiza, a toma do controlo de todo o planeta. O centro geográfico britânico, criado pelo conselheiro da rainha Isabel I, John Dee – juntara-se ao centro geográfico veneziano (que […]

  • A América no Inicio do Novo Ciclo

    “É preciso agora, para alcançar o lugar mais secreto do Palácio das ciências sublimes, que tu percorras todos os desvios…” do livro “A Santíssima Trinosofia” atribuído ao Conde de Saint Germain   Continua é a Mudança Na mudança de ciclo, se impõe também uma forte mudança interior: da habitual mente habilidosa – (própria do desenvolvimento […]

  • Fim do ciclo financeiro? (II)

    “Desde jovem, percebi que os outros lutavam por bens exteriores, o que não me interessava, pois eu tinha dentro de mim um tesouro muito mais valioso do que todas as posses materiais. O mais importante era aumentar esse tesouro, bastando desenvolver a mente e ser totalmente livre”  Arthur Schopenhauer   Perda referencial? Tudo evolui em […]

  • Fim do ciclo financeiro? (I)

    “Conhecer os meios que asseguram a vitória não significa obtê-la” (Do Arte da Guerra de Sun-Tzu) Fim da Hegemonia do Dólar? O estabelecimento do dólar, como moeda de reserva mundial, após a II Guerra Mundial, na conferencia de Bretton Woods – não deixava de referir o trunfo dos EEUU, e dos banqueiros internacionais (que fizeram de […]

  • Sobre O Verdadeiro Comunismo (IV)

    “Nós, porém, que já estamos preparados para trilhar a senda da rosa e da cruz, sabemos e compreendemos que a verdade pode ser aprisionada durante muito tempo, que ela pode ser mutilada durante longo tempo, que os servidores da verdade podem ser perseguidos e atacados, mas a verdade um dia se libertará. Quanto mais tempo […]

  • Sobre O Verdadeiro Comunismo (III)

    “A semente oculta no interior da terra, desenvolve-se igualmente, a pesar, do mau tempo e das tempestades” (Jacob Böehme, referindo-se a os anos, em que fora perseguido por herético)   A Utopia toma forma No ano 1516, Thomas Moro, chanceler de Henrique VIII, publica Utopia tentando desenhar os alicerces duma sociedade ideal, que de novo de […]

  • Sobre O Verdadeiro Comunismo (II)

    A Era Racional A Idade Moderna, a partir da Tomada de Constantinopla em 1453, aparenta definitivamente diluir esse fino anel de aliança entre a velha ciência e a profunda espiritualidade, que se mantêm ainda viva durante toda a Idade Média. No entanto o renascimento acordar o interesse da tradição neoplatónica, com a aquisição da tradução […]

  • Sobre O Verdadeiro Comunismo (I)

    “Não te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que obram iniquidade. Porque cedo serão ceifados como a erva, e murcharão como a verdura” (Do Livro dos Salmos) O conexão Mediterrânica A filosofia “Patrística”, sobre todo depois do Concílio de Niceia (325.d.C), com figuras de destaque como Círio de Alexandria ou Atanásio, fora […]

  • A mudança é contínua. Contínua a renovação

    A inquietação emerge porque nós não apreciamos a beleza do contentamento. Nós não reconhecemos o puro prazer de fazer nada. Nós temos uma mente “buscadora de defeitos”, ao invés de uma mente que aprecia o que já está aí, realizado (foi uma sorte ter encontrando este pequeno extrato, num velho papel perdido, dentro daquela gaveta). […]

  • A nova civilização oceânica

    “Para que o sono do corpo se torne em lucidez da alma, é preciso transformar nossa vida – energia, em Vida – Consciência. Por meio da educação das emoções, com o esforço interior dum  trabalho permanente e sustentável. Através da instrução perseverante da Mente; podemos conseguir elevar nosso destino, aprimorando as mudanças, em verdadeira humana […]