Ocidente de Alberte Momán na Fundaçom Artábria

apresentação 1 dezembro 20: 30 hs.



Alberte Momán apresenta o seu novo livro, Ocidente, na Fundaçom Artábria, Ferrol, o dia 1 de Dezembro às 20:30 hs.
O livro tem três relatos, o último em prosa poética.
Neles, entre outras coisas, o autor fala da criação de conflitos e dos problemas derivados destes, como os problemas para as pessoas refugiadas, por outra parte a criação de realidades desde Baudrilliard á posverdade.
Por último, introduz dois entes, Ocidente e o homem branco que o habita. Neste fala da dominação das pessoas por outras pessoas.
ocidente-artabria 
Ocidente
Alberte Momán Noval
El Círculo Rojo. 2017

ISBN: 978-8491759249

Apresentação editorial:

Atar é submeter.

Manter preso um animal com a pele de outro ani­mal.

A humilhação como a máxima expressão do domí­nio.

Submeter os escravos com a pele de outros escravos.

Aprendemos em crianças a falar a língua do homem branco, aquela do ocidente que se tornou universal, porque o ocidente só conhece uma língua.

Pego no copo, antes do primeiro sorvo olho ao redor e só vejo ocidente.

 

O AUTOR:

Alberte Momán Noval, Ferrol, 1976.

Comecei a experimentar com a escrita por uma necessidade vital de contar tudo o que estava a acontecer ao meu redor. Passei pelo filtro da minha olhada, sempre subjectiva, os acontecimentos que marcaram as distintas etapas da minha vida, materializando esses pensamentos em diferentes obras em prosa e verso, somando até hoje mais de uma dúzia de livros, muitos deles como fruto de diversos prémios literários. Cumprida essa necessidade de contar e com a companhia das leituras que sempre viajaram na mala do meu subconsciente, decidi introduzir-me no mundo da edição, criando duas editoras, O Figurante e Emerxente, editando, como era natural, nas distintas falas do galego-portugués.

 

 

 

 

 


PUBLICIDADE