Europa premia a cooperação cultural entre a Galiza e Portugal

NORTEAR foi distinguido como Melhor Projeto de Cooperação Transfronteiriça com o prêmio Sail of Papenburg



arbe-arfe-nortear

O projeto de dinamização cultural NORTEAR acaba de ser premiado pela Associação das Regiões Fronteiriças da Europa com o prémio Sail of Papenburg na categoria de Melhor Projeto de Cooperação Transfronteiriça. Além desta iniciativa, também foram galardoadas Euregio –a euroregião mais antiga da Europa, situada na fronteira entre Alemanha e Holanda–, o projeto Roots and Wings for Growth –localizado entre Oulu (Finlandia) e Lulea (Suecia)– e a euroregião dos Pirineos Mediterráneos pelo seu projeto Euroregion’s Cultural Fund. O ato de entrega dos prémios foi celebrado no passado fim de semana em Dresde durante a Conferência Anual da ARFE.

O galardão foi recolhido pelo director do EGTC Galicia-Norte de Portugal, Xosé Lago, que recebeu com orgulho o mérito. Desde 2015, NORTEAR tem como objetivo a promoção e dinamização cultural comum entre as duas regiões de ambos lados do Minho, cujo labor foi reconhecido em Europa pela “colaboração continuada” da Junta da Galiza, a Direção Regional de Portugal e o próprio Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial. Deste trabalho em comum nasceram, segundo destaca a organização que entrega a distinção,“diferentes atividades, tendo em vista o conhecimento mútuo da cultura, da literatura e da criação artística em geral, em ambos os territórios”.

De cara ao futuro, este projeto –cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional– Já tem assegurado financiamento para uma segunda fase do projeto, em que serão estimulados a criação artística disciplinar, conversas, tertúlias, encontros, residências artísticas ou intercâmbio de obras e exposições. A nova edição também incluirá “a produção de rotas literárias e documentários sobre uma série de escritores galegos para integração na plataforma Escritores a Norte, criada pela direção regional”, comentam desde a direção de Cultura do Norte.


PUBLICIDADE