Eucaliptos e Patrimonio na Galiza.



Nos dias 6,e 7 de dezembro estivemos em Bruxelas. Uma delegação de mais de 20 associações galegas que defendem o Património Cultural e Natural da Galiza. Convidadas por Lidia Senra, de AGE que está inclusa no grupo Parlamentar europeu GUE/NGL, Os Verdes.

A procedência geográfica foi variada. Desde Ortegal ao Minho. Só faltou Ourense, mas a nossa fouce fizemos rebrilar como dizem os versos de Cabanilhas.

adela-02-parlamento-2017
Diferentes grupos e diferentes sensibilidades. E uma unanimidade. A defesa do nosso Patrimonio.
A plantação massiva de eucaliptos para ocuparem os nossos montes, os antigos prados e terras de labor,as velhas fragas substituindo carvalheiras e soutos e as beiras dos nossos rios e regatos, destruindo o bosque de ribeira, é uma desfeita da nossa natureza e do nosso património. Porque para além do deterioro ambiental que isso supõe as maquinarias empregadas para os trabalhos de corta e reflorestação são agressivas e nada respeitam: Mámoas, castros, petróglifos, tudo fica arrasado ao passo das pás e escavadoras utilizadas. Pistas florestais abertas por onde convém ao cluster da madeira mudam as escorrentias e favorecem a erosão das ladeiras. Isto tudo diante da passividade da administração galega, perante a que se têm feito inúmeras denuncias por incumprimento da normativa vigente por parte dos madeireiros.

Mais de 300 denuncias leva feito ADEGA e Marinha Património neste ano e poucas foram respostas e quase nenhuma aplicada a legislação.

adela-parlamento-2017

Isso tudo foi denunciado perante o Parlamento Europeu e esperamos que acabe por ter resposta no sentido a termos um maior respeito pela nossa cultura o nosso ambiente e as nossas Raizes.ADEGA apresentou um informe detalhado da situação incluindo as numerosas denuncias feitas. Eira da Xoana ( Fundação Eira) apresentou um informe sobre o perigo que supõe acossar as nascentes dos rios por massivas plantações de Eucaliptos. Cousa de Raizes apresentou a ILP em defesa dos Montes galegos que irá pronto procurar as vossas assinaturas.

Em particular, reclamamos atenção para o Pedregal de Irimia , nascentes do Rio Minho que está a ficar apagado polas árvores que crescem rapidamente a custo das suas jovens águas. Isso irá por em risco o caudal total deste rio tão emblemático para a Galiza e Portugal e fazer irá desaparecer o Pedregal, para o que reclamamos a Figura de proteccção Categoria de Monumento Natural.

 

ANEXO eucaliptos-bruxelas-1


Associações que foram a Bruxelas :

A EIRA DA XOANA
ADEGA
AGROMA SOBER – ASOCIACIÓN VECIÑAL DE BARANTES – COLADO DO VENTO
ANOVA TERRA
ANOVA TERRA
ASOCIACIÓN [email protected] DA HISTORIADEGALICIA.GAL
ASOCIACIÓN AMIGOS DO PATRIMONIO DE CASTROVERDE
ASOCIACIÓN CULTURAL IRMANDADE DE SANTO ESTEVO
ASOCIACIÓN MARIÑA PATRIMONIO
ASOCIACIÓN NORDÉS
CDP A FORNEIRIÑA
COLECTIVO A RULA
COLECTIVO AGROCUIR DA ULLOA – COUSA DE RAÍCES
COMUNIDADE DE MONTES VECIÑAIS EN MAN COMÚN DE SALCEDO
COUSA DE RAÍCES- ASOCIACIÓN POLA DEFENSA DA RÍA
COUSA DE RAÍCES-ASOCIACIÓN PARA O FOMENTO DO DESEÑO SOSTIBLE KUNTERBUNT
IRMANDADE ILLA DE TAMBO
SINDICATO LABREGO GALEGO
SOCIEDADE ANTROPOLÓXICA GALEGA (SAGA)
SOS ARTE RUPESTRE GALEGA
UMIA VIVO

 

Adela Figueroa Panisse

PUBLICIDADE