A Demo Editorial e a Através Editora lançam a novela gráfica "Ricardo Carvalho Calero. Coraçom de Terra"

Começa crowdfunding para a BD sobre Carvalho Calero

Xico Paradelo e Iván Suárez assinam esta biografia ficcionada que repassa a vida e a obra do autor



cabeceira_rcc A plataforma Verkami acolhe desde este 16 de março a campanha para apoiar a publicaçom de Ricardo Carvalho Calero. Coraçom de Terra. Este romance gráfico, umha biografia ficcionalizada sobre o homenageado no Dia das Letras Galegas, aborda a vida e a obra do autor a partir dos seus próprios textos e lembranças e propom, a partir deste percurso, revisar a história da cultura galega ao longo do século XX.

A obra arranca em Lisboa, 1996, numa realidade alternativa. Durante o acto de fundaçom da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Ricardo Carvalho Calero, representante da Galiza e um dos principais intelectuais do galeguismo, imagina, momentos antes de tomar a palavra, como teria sido a sua história e a da sua Terra se o passado tivesse acontecido de umha forma diferente.

pagina_rcc_bdXico Paradelo, veterano membro dos colectivos de BD Frente Comixario e BD Banda, assina os textos desta obra em colaboraçom com Irene Veiga e Carlos Rafae. O projecto conta com o trabalho de Iván Suárez na parte gráfica. Suárez é conhecido como autor de três obras de banda desenhada sobre a figura de Castelao com roteiro de Inacio Vilariño.

O livro, que quer fazer-se realidade com umha extensom de 124 páginas em formato A4 vertical a preto e branco, encadernado em capa dura, será editado em parceria pola Através Editora e a Demo Editorial. Na campanha que agora se apresenta, os contributos serán destinados a conseguir a melhor qualidade em termos de ediçom para o livro. Originalmente o projeto está concebido para sair em formato 17 x 24 cm, encadernado em brochura, e o objectivo com esta campanha e conseguir fundos para editá-lo em capa dura e, se for possível, aumentar a tiragem da ediçom. Com o dinheiro recebido serám pagos todos os gastos gerados pola própria campanha: comissons da plataforma e das entidades bancárias, gestom de envios e restantes despesas ocasionadas durante a produçom.

A obra está num processo de produçom muito avançado e estará pronta para chegar ao mercado em maio, mês das Letras Galegas. As entidades promotoras animam o público interessado em fazer a sua aquisiçom adiantada do volume para garantir a maior difusom e qualidade do mesmo. No Crowdfunding, ademais, há também lotes específicos para livrarias e entidades culturais que tenham interesse em conseguir um maior número de volumes com descontos específicos.

Para seguir as novidades sobre o projeto, há informaçom atualizada nas suas redes sociais, no facebook, twitter e instagram.

 


PUBLICIDADE

  • E. Vazquez Souza

    Pois vai ser que não…

    Realidade alternativa ? para edulcorar a miséria de realidade?

    E que temos contra narrar o pretérito imperfeito e o futuro que não é..?

    Eu gostava mais, nisto, de naturalismo crítico… ou simplesmente documentário…