Binormativismo

  • Freixanes e o binormativismo: mais discrepâncias de forma que de fundo

    Eduardo Maragoto, presidente da AGAL, opina sobre as declarações de Víctor F. Freixanes sobre a necessidade e as potencialidades do modelo binormativista.

  • Um telhado a duas águas

    As diferentes políticas de língua que governo ou diferentes agentes sociais costumaram desenvolver realizam atos e criam realidades de diferente teor e profundidade. Sabemos que tudo é enriquecedor mas reconhecemos também as diferenças evidentes entre um tipo de propostas de promoção da língua e outras. Algumas propostas ou campanhas são menores e de mudanças individuais […]

  • AGAL aprova ‘Estratégia binormativista’ para o Galego

    A Assembleia da AGAL realizada no paço da Cultura de Pontevedra no sábado passado aprovou com 25 votos a favor e quatro abstenções um novo eixo programático para trabalhar conjuntamente com o tecido cultural galego: o binormativismo. Com a estratégia binormativista, a associaçom reintegracionista defenderá publicamente que é possível, e até benéfico, o convívio de […]

  • Reintegracionismo debate “binormativismo”

    A próxima assembleia da AGAL é a última de 2018. Será em Ponte Vedra, como nos últimos anos, já que vai calhar com o sábado do Culturgal (este ano 1 de dezembro). No plenário será discutida, e aprovada ou reprovada, a estratégia binormativista defendida polo atual Conselho da AGAL ao longo do mandato em curso. […]

  • É possível umha política binormativista na Galiza?

      Convívio de normas ou “binormativismo”? Na AGAL há tempo que olhamos com muito interesse para outros países da Europa ocidental onde, como na Galiza, convivem diferentes normas para umha mesma língua histórica. Esta situaçom é muito mais comum do que as pessoas pensam, e até poderíamos dizer que é quase inevitável nos territórios onde […]

  • AGAL voltará ao 25 de julho com a sua proposta de binormativismo

    A AGAL voltará a comparecer nas diferentes mobilizações realizadas no 25 de julho em Compostela para distribuir gratuitamente o Fest-AGAL. Como em anos anteriores, os distribuidores e distribuidoras irám [email protected] com t-shirts editadas para a ocasiom, impressas com o mote usado para reivindicar o binormativismo: “Uma terra, um povo, uma fala, duas normas para grafá-la”, convenientemente escrita em galego e […]

  • Estou canso, mas se quadra mesmo é bom

      Contam que o Alfredo di Stefano, sendo treinador do Valência, indicou um dia ao seu guarda-redes: “Arquero, vale que las que van dentro no las saqués, pero las que van fuera no las metás”. Isso parece que é o que estivemos a fazer com a língua galega nos últimos quarenta anos: utilizarmos todas as […]

  • AGAL convoca só[email protected], simpatizantes e [email protected] a participar na mani-festa-açom do 17

    A AGAL convoca só[email protected], simpatizantes e [email protected] a participar na convocatória de mani-festa-açom da plataforma Queremos Galego, fazendo parte da comitiva galaico-norueguesa. Levaremos cartazes, flyers, disfarces e muito boa disposiçom para darmos a conhecer que a Noruega pode fazer tanto pola língua galega como já fijo pola boca portuguesa. Onde nos encontramos? 17 de maio (10h45): organizando […]

  • O norueguês

    Em 2015 a Através editora lançava o livro Quem fala a minha língua 2?, coordenado polo professor Robert Neal Baxter, da Universidade de Vigo. Tal como o seu predecessor, a sua razão de ser era mostrar línguas onde a questão identitária estava aberta ou onde existiam mais de um modelo de língua padrão. Em palavras […]

  • Umha terra, um povo, umha fala (e duas normas pra grafá-la)

    17-M: Dia das Letras Galegas, Dia Nacional da Noruega “Umha terra, um povo, umha fala, duas normas pra grafá-la” A AGAL volta ao Dia das Letras com outra encenaçom fantasiada, nesta ocasiom para evocar as semelhanças sociolinguísticas entre o caso galego e o norueguês, polo menos as semelhanças que esta associaçom desejaria que houvesse. O […]