Opiniom

  • Ó sol, imortal sol, do meu país do sul*

    Depois de quase três anos de ausência, voltei ao Algarve. Do outro lado da janela do trem vejo a intensidade da cor avermelhada da terra e os campos de laranjeiras à volta da cidade de Silves. Posso adivinhar o docíssimo arrecendo a flor de laranjeira no ar. Uma das variadas leituras que conheci nos dez […]

  • O português foi português, até quando ele foi chamado de galego

    Excerto da comunicação apresentada por Alexandre Banhos na XI Semana de Filologia da Universidade de São Paulo (9 a 13 de maio de 2016).

  • O Trans e o Reint: Manifesto Reintrans

    “Nós, de verdade, unicamente temos a palavra. Só a palavra verdadeira pode traduzir a fecha e insondável soidade do nosso ser”. Manuel Maria, A luz ressuscitada No pensamento normativo dominante, muitas reivindicações de direitos identitários ou sociais (os económicos decretam-se inexistentes) são construídas como veleidades, caprichos que só uma generosa “tolerância” do sistema permitirá honrar […]

  • Formatar

    Sou um viguês nascido na década de 70. Fui programado para falar em castelhano, como todos os rapazes da minha geração na minha cidade, em tantas cidades, em tantos lugares. O grau de sucesso do programa foi muito elevado, alcançando a quase unanimidade. Portanto, sou um minúsculo erro de sistema. O erro de sistema que […]

  • Escrever cara riba: luar intenso alumiando o caminho

    Resenha de ‘Diarios’ de Carlos Calvo Varela, através editora 2015.

  • O Estado em Hegel

    Quero expor a conceção da monarquia em Hegel e Marx, mas previamente considero que é preciso que explique a sua conceção do Estado no primeiro deles, e, para isso, começarei por apresentar a noção de Estado que entendo que é a mais aceitada. Alguns autores põem o acento no Estado como associação, começando pelo mesmo […]

  • Nós, em flagrante delito

    Umha dessas cousas boas deste país: na explanada dum café leio de graça o jornal mais lido na Galiza, um jornal que nem sempre lhe dá voz. Dispunha de tempo e mergulhei nas páginas do seu suplemento de lezer e cultura. Na capa, a mítica fotografia ilustrativa do Fernando Pessoa “em flagrante delito”, ou seja, […]

  • grand finale

    Podemos asseverar, sem muito risco a equívoco (que a experiência nos avisa e os dados confirmam) que a Democracia espanhola percorreu desde fins dos anos 70, o caminho que leva da diversidade ou pluripartidismo que conforma, em condições naturais, o seu Parlamento, até este bipartismo estável que Manuel Fraga sonhava a imitação de ingleses e que realmente […]

  • Mnemosine

    às refugiadas de hoje e de ontem, de uma refugiada como elas   Mnemosine, mãe das nove musas, era a titânide da memória. Mnemosine vem do grego mnếmē, memória e mnashtai, lembrar-se. Lembremos Lesbos, Mória e Idomeni. Mnemosine foi depois chamada Moneta, a avisadora, a que recorda. Moneta, do latim monere, significa aconselhar, avisar, lembrar. […]

  • Esclarecendo o golpe de estado que se vive no Brasil

    Alexandre Banhos explica a atualidade política brasileira, situando o processo mediático judicial contra o PT como indício de um Golpe de Estado encoberto.