Opiniom

  • Défices na maturidade cultural galega em três notícias

    Na passada primavera fum convidado polas Profas. Teresa Moure e Sabela Fernández para fazer a conferência de encerramento do Curso de Verão Galego, porta aberta para o mundo, que elas conduzirom na Universidade de Santiago de Compostela. A data marcada foi 29 de junho e o título que dei o de Língua, cultura e comunidade […]

  • Palhas

      Num dos seus deliciosos artigos Moncho Vilar lembrava um encontro de estudantes com Manuel María na Facultade de Filologia da USC[1]. Rematada a conferência, o poeta da Terra Chá preocupou-se de perguntar aos rapazes, um por um, de onde eram. Para a surpresa de Moncho, Manuel María non só sabia perfeitamente onde era que […]

  • Alerta máxima – Confronto global imposto

    Como bem temos falado em anteriores artigos, a elite financeira ocidental escolheu Donald Trump para confrontar o avanço económico chinês, um gigante asiácito impossível de travar em mercados abertos. Isto trouxe consigo um primeiro confronto e um segundo reacomodo entre a própria elite ocidental, resumido na aposta Macrom –ou– Trump. Agora essa divisão pode iniciar […]

  • Da política ‘de facto’ à política ‘de jure’

      Houve em tempos um sapateiro filósofo em Braga que se tornou famoso pelas suas expressões, uma de uso comum em Portugal que tem a ver com a ideia de igualdade, a ausência de discriminação ou de favoritismo, diz assim: “ou há moralidade ou comem todos”. Toda uma declaração de princípios em que se pode […]

  • Origem de termos económicos

    Como começaram 2019? tiveram muitas despesas nas festas? É janeiro e este mês sempre custa levar as contas, poupar e estar de bem com a vida. Ontem comecei um fio no Twitter que me levou a escrever este artigo. A curisidade foi a origem do termo Poupar e foi como as cerejas: nunca podes comer […]

  • O senhor do bosque

     19 novembro, 2018 1 minuto Aldeia de Frogil, em Ardemil, Ordes Comentava há uns meses Alejandro A. Lázaro Camafeita que, na sua opiniom, o bosque de Pardinhas (Poulo) é o melhor conservado do municipio de Ordes, mesmo superando a Fraga de Frogil, na freguesia de Ardemil. O estado desta última carvalheira, no seu dia elogiada […]

  • A pataca galega e a pataca de Macau

    O meu amigo José Ramom Pichel perguntou-me há poucos dias donde vem o termo “pataca” para referir-se à moeda de Macau, antiga colónia portuguesa na atual China. Curiosamente, pouco depois, recebim um convite duma antiga colega que trabalha lá para participar num workshop sobre tecnologias da língua portuguesa em Macau. Tudo no mesmo dia. Linda […]

  • galego simbolico penhaguai

    A penha o passa guai/A penha passa-o guai No período de maciça recuperação de usos do galego do ponto de vista individual, que podemos situar como central nas décadas de setenta e oitenta do século XX, setores, diversos em muitos casos, castelhano-falantes em origem, começarom a usá-lo. Esse processo continua na atualidade mas provavelmente em […]

  • As aldeias das leitoras (VIII): Fossado

    “Para chegar ao fossado e servir-mi corpo loado, e vam-se as frores d’aqui bem com meus amores!” Paio Gomes Charinho Pediam Javier Quintela Pena e Ani Pampín Martínez  tratar de Fossado, aldeia de Santa Cruz de Montaos que tem estaçom de trem. Se o topónimo nom se refere a um terreno caraterizado por um fojo […]

  • As 8 postagens menos bem sucedidas em 2018

    Chega o final do ano e é impossível não fazermos balanços. Contudo, eu confesso, sempre tenho maior sensação de iniciar uma nova etapa ou encerrá-la na sequência do ano académico. Serão os ossos do ofício. O que acham desse ditado que diz Segundas chances nunca dão certo? Nós pensamos que pode haver uma segunda chance para algum dos nossos […]