Análise

  • Nacho Muñoz: “É estranho que nom estejamos mais próximos de Portugal”

    O produtor musical viguês reside no Porto desde há quase dous anos, onde continua os seus projetos de experimentaçom sonora. Em conversa com o PGL, Muñoz fala dos seus últimos trabalhos e do seu jeito de comprender a Galiza e Portugal.

  • ANG – Prémio Galega/o Nacional do ano 2019

    A Assembleia Nacional Galega (ANG) convoca neste ano 2019 o I Prémio “Galego/a Nacional do Ano 2019”

  • Eco-feminismo no século XXI

    A bióloga e ativista Adela Figueroa analisa o eco-feminismo contemporâneo, exemplos do movimento e questons chave do seu discurso.

  • A poeta Judite Fernandes recita em Compostela

    A livraria Chan de Pólvora organiza hoje às 20.30 horas a apresentaçom de dois livros da autora

  • Misogínia, misossexualidade e misocósmia

    Assistimos nos nossos dias a uma cerimônia da confusão e de impotência na igreja, incapaz de reagir perante o enorme mal-estar das mulheres pola sua situação de inferioridade, subordinação e violência que padecem frente ao sexo masculino. Esta instituição está tão condicionada polos seus documentos fundacionais, que poderíamos denominar a sua constituição, integrada pola Bíblia, […]

  • Apelidos em -es | @emgalego

    Através Produtora Muita gente nom sabe que os apelidos em -es nom som só portugueses. Som também os tradicionais na Galiza, desde a Idade Média até à atualidade. Só que administrativamente fôrom todos castelhanizados para -ez, só permenecendo inalterados aqueles que diferiam mais do castelhano, como Bieites. Porém, eles continuárom a usar-se no âmbito das […]

  • EMÍLIA PARDO BAZÁN, IMPORTANTE ESCRITORA E FEMINISTA

    Mais uma edição das ‘Aulas de Cinema’ de José Paz. Com o galho do 8 de março, a protagonista desta semana é a escritora Emilia Pardo Bazán.

  • Lugo berra Queremos Galego esta quarta-feira

    A plataforma Queremos Galego convoca uma concentraçom esta quarta-feira às 12 horas diante do Concelho de Lugo para prestar contra a sentença do Tribunal Supremo

  • Novidade Através -‘#NãoMeKahlo. Feminismo além das redes’

    #NãoMeKahlo. Feminismo além das redes tem a sua semente num Hashtag, #MeuAmigoSecreto, cuja intenção era chamar a atenção sobre o machismo daquelas pessoas mais próximas a nós: colegas de trabalho, namorados, amigos, chefes… e serviu para muitas mulheres partilharem os seus relatos gerando numerosas interações. O coletivo Não Me Kahlo foi a espoleta deste Hashtag e […]

  • Lídia Jorge debulha ‘A costa dos murmúrios’ em Compostela

    Há uma semana, a autora portuguesa conversava com alunas e alunos da EOI de Vite, onde uma das leituras era a sua obra sobre a guerra colonial em Moçambique.