Análise

  • ‘Ortografia Galega Moderna’ Lançamento em Compostela

    Terça-feira, 14 de março, a Através Editora apresentará na livraria Ciranda de Compostela (r/ Gomes Ulha, 4) a súa última publicação, Ortografia galega moderna: confluente com o português no mundo. No lançamento, que dará começo às 20h, participarão Eduardo S. Maragoto, autor do livro, presidente da AGAL e um dos impulsores da proposta de Confluência […]

  • III Encontro Minho-Galiza

      O III Encontro Minho-Galiza é uma iniciativa de alunos do Mestrado em Comunicação Arte e Cultura, numa organização conjunta do CECS–ICS, e do CEG–ILCH, da UMinho. A atividade co-organizada pelo Centro de Estudos Galegos de Braga e mais pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho a iniciativa de dous ex-alunos de Literatura […]

  • ‘Da Identidade à Norma’ Laiovento, 2017

    DA IDENTIDADE À NORMA : Língua, singularidade, consenso, antilusismo, reintegracionismo, jornalismo: de Galicia Confidencial a Sermos Galiza, Santiago de Compostela, Laiovento, 2007 Os autores: Nicolás Xamardo, galego que desde há muitos anos desenvolve sua vida privada e profissional em Euskadi. Licenciado em Filologia Románica pola Universidade de Compostela, em Linguística Geral pola de París VIII, […]

  • Memoria de Pés Sem Sombra – Lançamento

    Próximo Lançamento, em Compostela do Poemário: Memoria de Pés Sem Sombra. Livraria Ciranda 22 março, 20 hs, A beneficio da ONG Palhaços em Rebeldia. Que trabalha com as crianças dos campos de reclusão tentando mudar sorrisos por muros. Na ideia de que  o riso é um remédio único para a sobrevivência humana. Ainda a infância […]

  • Teresa Moure: “O futuro convida a centrar os nossos esforços na tarefa de dar cabo do Apartheid ortográfico, de procurarmos um público sem prejuízos, de ganharmos espaços.”

    Teresa Moure está a apresentar em diversos espaços culturais e associativos  o livro duplo   Bolcheviques/Bolxeviques (Através / Xerais), coordenada por ela. Entusiasmada com o Blogue pessoal de crítica “A tecer aranheiras”, recentemente nomeada Académica pela AGLP e fervendo de projetos, a Teresa giza-nos brevemente a sua impressão da cultura galega, do presente do reintegracionismo, das […]

  • Na taberna de Facal

    Nos primeiros anos de andaina do Parlamento Galego uma estranha (e da qual desconheço os motivos) abstenção do BNG perante uma moção polo reconhecimento do direito da Galiza à autodeterminação, permitiu a Fraga fazer aquela piada fácil e paternalista de que, na nossa Terra, tal reivindicação “só a pedem Camilo Nogueira e o seu cunhado”. […]

  • Mulheres, territórios e memórias: I Encontro de mulheres da lusofonia

    Nos vindouros dias 18 e 19 de março decorrerá o I Encontro de Mulheres da Lusofonia em Vilar de Santos, no Museu da Límia e na Arca da Noe. O Encontro celebra-se baixo o lema “Mulheres, territórios e memórias” O I Encontro de Mulheres na Lusofonia é organizado pela AGLP (Academia Galega da Língua Portuguesa) […]

  • Nom sou nenhum troféu

    Nom sou nenhum troféu Nom quero as tuas medalhas. ( 8 de março 2017) Sinto as tuas medalhas cravadas na minha pele. Posso perceber o lastre de seu peso morto pendurado do meu peito enxoito. E a gravidade, Que é lei inexorável, alastra-me ao chão carregada com o duro metal de todas as tuas medalhas […]

  • Comunicado da C.L. da AEG sobre ‘Os Apelidos en Galego’ da RAG

    Reproduzimos na íntegra, pelo seu interesse, o comunicado da Comissom Lingüística da Associaçom de Estudos Galegos analisando criticamente a publicação “normalizadora” da Real Academia Galega (RAG) ‘Os Apelidos en Galego: Orientacións para a súa Normalización‘. A propósito de ‘Os Apelidos en Galego: Orientacións para a súa Normalización’, da Real Academia Galega Comunicado da Comissom Lingüística da […]

  • EXPLICAR AOS ESCOLARES O ABSURDO DO RACISMO

                                                  Ao redor da data de 24 de março celebra-se em muitos lugares do mundo a denominada Semana contra o racismo. Tema, o do racismo, que é necessário tratar adequadamente nas aulas dos nossos estabelecimentos de ensino. Para conseguir estudantes com uma educação isenta do preconceito racista, tão infame e tão negativo. Trabalhar com o […]