Análise

  • Galiza, reintegracionismo e senso comum histórico

    Numha sucessom sem fim de polémicas sobrepostas entre defensores do espanhol, do galego e todo um espectro entre ambas as posiçons, o passar do tempo tem vindo a assentar nos últimos anos um novo senso comum em volta da questom lingüística galega, determinado sobretodo pola própria materialidade histórica do processo. Há três décadas, quando principiava […]

  • E chegou o Sam Martinho de Dume!

    Chegou o Sam Martinho de Dume! A festa Suevo-Irlandesa que coincide com o Sam Patrício e que celebra a irmandade entre estas duas nações atlânticas. Música, Futebol Gaélico, Cervejas artesãs Galegas, Ginnes, peiteados suevos, suevian shots… A comissom de história da Gentalha do Pichel promove a celebraçom do Sam Martinho’s Day, umha festa que pode […]

  • Pré-matrícula na Semente Compostela e Jornadas de portas abertas

    Tens uma criança e queres que conserve a língua que lhe transmitiste? Queres participar de um modelo educativo diferente? Hoje começa o prazo de pré-matrícula na Semente Compostela. Há jornada de portas abertas para conhecer o projeto o 23 de março e 20 de abril. A Semente Compostela é un centro para crianças de 2 […]

  • Encontro de mulheres da lusofonia

    “Se as mulheres falassem não haveria heróis”. Esta frase que a minha mãe repetia com alguma frequência tem-me feito pensar sobre as narrativas, os silêncios e os conceitos que organizam a nossa vida coletiva. Dizia a filósofa Hannah Arendt que os regimes totalitários têm em comum a criação de uma ficção à volta de uma […]

  • LEVAR A POESIA ÀS NOSSAS AULAS

    Coincidindo com a chegada da primavera, 21 de março foi declarado em muitos lugares como o Dia da Árvore e também o Dia da Poesia. Ademais de celebrar nos estabelecimentos de ensino dos diferentes níveis a festividade da árvore, organizando atividades educativo-didáticas adequadas, e, entre elas, realizando no jardim da escola uma plantação de alguma […]

  • ‘Ortografia Galega Moderna’ Lançamento em Compostela

    Terça-feira, 14 de março, a Através Editora apresentará na livraria Ciranda de Compostela (r/ Gomes Ulha, 4) a súa última publicação, Ortografia galega moderna: confluente com o português no mundo. No lançamento, que dará começo às 20h, participarão Eduardo S. Maragoto, autor do livro, presidente da AGAL e um dos impulsores da proposta de Confluência […]

  • III Encontro Minho-Galiza

      O III Encontro Minho-Galiza é uma iniciativa de alunos do Mestrado em Comunicação Arte e Cultura, numa organização conjunta do CECS–ICS, e do CEG–ILCH, da UMinho. A atividade co-organizada pelo Centro de Estudos Galegos de Braga e mais pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho a iniciativa de dous ex-alunos de Literatura […]

  • ‘Da Identidade à Norma’ Laiovento, 2017

    DA IDENTIDADE À NORMA : Língua, singularidade, consenso, antilusismo, reintegracionismo, jornalismo: de Galicia Confidencial a Sermos Galiza, Santiago de Compostela, Laiovento, 2007 Os autores: Nicolás Xamardo, galego que desde há muitos anos desenvolve sua vida privada e profissional em Euskadi. Licenciado em Filologia Románica pola Universidade de Compostela, em Linguística Geral pola de París VIII, […]

  • Memoria de Pés Sem Sombra – Lançamento

    Próximo Lançamento, em Compostela do Poemário: Memoria de Pés Sem Sombra. Livraria Ciranda 22 março, 20 hs, A beneficio da ONG Palhaços em Rebeldia. Que trabalha com as crianças dos campos de reclusão tentando mudar sorrisos por muros. Na ideia de que  o riso é um remédio único para a sobrevivência humana. Ainda a infância […]

  • Teresa Moure: “O futuro convida a centrar os nossos esforços na tarefa de dar cabo do Apartheid ortográfico, de procurarmos um público sem prejuízos, de ganharmos espaços.”

    Teresa Moure está a apresentar em diversos espaços culturais e associativos  o livro duplo   Bolcheviques/Bolxeviques (Através / Xerais), coordenada por ela. Entusiasmada com o Blogue pessoal de crítica “A tecer aranheiras”, recentemente nomeada Académica pela AGLP e fervendo de projetos, a Teresa giza-nos brevemente a sua impressão da cultura galega, do presente do reintegracionismo, das […]