Análise

  • Apresentação da revista DiVersos em Santiago e na Corunha

    Nesta semana, na quarta 22 de março em Santiago (20:00 hs. na livraria Chan da Pólvora) e na quinta 23 na Corunha (no café livraria Linda Rama), a revista DiVersos – Poesia e tradução será apresentada na Galiza. São já 20 anos desde a sua fundação (1996-2016) e mais de 300 nomes da poesia que […]

  • LEMBRANDO SHAKESPEARE NO DIA DO TEATRO

        O Dia Mundial do Teatro é celebrado no dia 27 de março. Foi criado pelo Instituto Internacional do Teatro em 1961.A primeira mensagem internacional do Dia Mundial do Teatro foi escrita por Jean Cocteau, na França, em 1962.     É possível que seja William Shakespeare o autor teatral cujas obras dramáticas foram mais vezes levadas […]

  • 1º lançamento da Ortografia Galega Moderna

    No passado 14 de março, terça-feira, teve lugar a apresentaçom da Ortografia galega moderna: confluente com o português no mundo na livraria Ciranda, em Santiago de Compostela. Falárom Daniel Amarelo, pola Através Editora, e Eduardo Maragoto, como um dos responsáveis do texto assumido pola Assembleia de AGAL a finais de 2016 e convertido nesse volume, que fai […]

  • Eugénio Outeiro: “O reintegracionismo soubo fazer mais que rir, no sentido de descontrair e conseguir emocionar e seduzir”

    Através editora liberta na rede ‘Mordida’ (2012), poemário de Eugénio Outeiro, aproveitamos para conversar com ele.

  • O singular mapa da Galiza de Carlos Calvo Varela

    Carlos Calvo Varela (Ordes, 1988) foi detido pola Polícia Nacional em Vigo o 15 de setembro de 2012 e desde aquele momento encontra-se em prisom provisional á espera de que o Tribunal Supremo resolva o recurso contra a sentença da Audiência Nacional que o condenou a 12 anos de reclusom por “tença de explosivos e […]

  • Joana Sales: “O reintegracionismo, pelo contrário, tem uma visão da língua abrangente, cosmopolita, internacionalista, com a que me identifico”

    Maria Dovigo entrevista Joana Sales, ativista feminista da UMAR-União de Mulheres Alternativa e Resposta e recentemente fundadora da Femafro-Associação de Mulheres Negras, Africanas e Afro-descendentes; que nos dias 18 e 19 de março participa no “Encontro de Mulheres da Lusofonia: Mulheres, territórios e memórias” em Vilar de Santos.

  • Basco, catalám e galego

    No século XX, o basco estava numha situaçom dramática. Tinha poucos falantes, estava fragmentada, carecia de tradiçom literária medieval e era muito difícil de aprender. Porém soubêrom tornar vantagens o que à partida eram inconvenientes. Gabárom-se de ser a língua mais antiga da Europa, elaborárom um discurso democrático de defesa da diversidade lingüística e figérom questom em mostrar […]

  • A história de Ulf, o galego, o viquingue que passou vários anos lutando na Galiza

    A alta Idade Média foi uma época dura, terrível, cheia de guerras e de calamidades. Uma época escura que deixou poucas pegadas para pesquisar com precisão. E, por isso, ainda hoje, é difícil conhecer com exatidão o que passou nesses séculos que mudaram boa parte da geopolítica e dos territórios da velha Europa. Mas quando […]

  • Turnê com o Marco Neves na Galiza, 20 e 23 de março

    Turnê com o Marco Neves na Galiza ligada ao seu último livro, onde a Galiza, mais uma vez, tem um peso importante. Marco Neves fará uma turnê galega, entre os dias 20 e 23 de março,  visitando as EOI de Ponte Vedra, Lugo e Ferrol e a livraria Ciranda de Compostela. O autor do blogue […]

  • Mordida, poemário de Ugio Outeiro para descarregar na Através

    Através editora oferece para descarregar, ‘Mordida’, poemário de Eugénio Outeiro. Descarregar na loja Através.   O AUTOR: Chamo-me Eugénio Outeiro e nasci na Ilha de Arousa, Galiza, em Abril de 1976. Sou poeta, budista zen, reintegracionista, desenhador web amador, e professor de português. Algumas destas coisas aparecem misturadas de diversas maneiras neste blogue. Escrevi um […]