Castro Galaico Festival de Nogueiró começa hoje em Braga

Uma aproximação entre Galiza e Norte de Portugal através duma recriação castreja no monste da Nossa Senhora da Consolação



cartaz-x-castro-galaico

Música e tradição unem as duas beiras do rio Minho esta fim de semana. O Castro Galaico Festival de Nogueiró celebrará a sua décima edição na freguesia homónima de Braga. Desde a organização explicam que o objetivo da festa é “celebrarmos as nossas raízes a partir do Castro da Consolação, um dos berços de Braga”. As atividades -de acesso livre- terão lugar no monte da Nossa Senhora da Consolação, onde o festival habilitará campismo gratuito.

O programa dará início na quinta-feira 11 de Julho com a atuação de Espiral Trio Celta no Palco Antena 1 às 21.30 horas, que servirá de petisco musical antes do recital de Cantares Polifónicos do Grupo de Folclore da Universidade do Minho como prato principal, às 22.30 horas no Palco Capela. Por ultimo, o grupo galego Luar na Lubre agasalhará o público com um concerto desde o cenário Antena 1 às 23 horas, depois do qual haverá uma after-party com DJ Bracaros (ARCUM) no palco Capela.

Uma vez já quencidos os motores, a noite sexta-feira chegará da mão do grupo português Origem Tradicional, que oferecerá um passeio pelo folclore português às pessoas assistentes. Ademais, às 22:30 horas haverá uma recriação dum casamento celta com o acompanhamento de Arruada e Bomboémia. Na tarde do sábado 13 será o turno de aprender com a oficina de Cantares Polifónicos e o workshop de Danças Tradicionais, no palco da Capela. Além disto, a capela acolherá às 18 horas a apresentação do documentário Los Celtas em Galicia, onde participará o musicólogo Mário Correia (Sons da Terra, Sendim).

A reta final do festival chegará às 21 horas, no palco Antena 1, com a projeção do documentário Pacto de Irmãos, uma obra que recupera a história do primeiro documeno galego-português conhecido. O ato contará com a presença do realizador do filme, Rafael Xaneiro. Após da apresentação, o grupo Canto D’Aqui oferecerá um concerto às 22 horas no mesmo cenário.

Por ultimo, o Grupo de Música Popular da Universidade do Minho tocará às 23 horas no palco da Capela, que serão seguidos pela última atuação. A celebre agrupação Galandum Galandaina será a responsável de fechar a edição do Castro Galaico, que ainda contará com um after-party a partir das 00:30 horas com Saturnália, DJ Bracaros e queimada galega.

Promovido pela União de Freguesias de Nogueiró e Tenões, o Grupo Canto D’Aqui e ARCUM (Associação Recreativa e Cultural da Universidade do Minho), o festival também acolherá uma reunião no dia 13 de Julho para as 15 horas no Centro Cívico de Nogueiró (Braga). A organização das Convergências Portugal-Galiza e a própria equipa do festival convocam o encontro com o objetivo será formalizar a constituição da Associação da Rede da GaliLusofonia em Portugal. O passado mês, a associação galega já era formalizada numa reunião em Cedeira, aproveitando a ocasião do festival de música galego-portuguesa Traz Outro Amigo.


PUBLICIDADE

  • abanhos

    Bem bom